Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cristovam Buarque é xingado em universidade de Minas

"Golpista", "traidor" e "Judas" foram algumas das ofensas ouvidas pelo senador

Por Gabriel Mascarenhas - Atualizado em 18 jul 2017, 14h12 - Publicado em 18 jul 2017, 13h03

Cristovam Buarque, o senador do PPS de Brasília que faz da educação sua principal bandeira eleitoral, acaba de ser hostilizado dentro da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Assista ao vídeo.

Ao chegar para participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), a excelência topou com um pequeno grupo de manifestantes revoltados com o fato de Cristovam ter votado a favor da reforma trabalhista no Senado e pelo impeachment de Dilma.

A turma entoou gritos de “Judas”, “Traidor” e “Golpista”. Um deles chegou a interpelar o senador, que rebateu as acusações.

Dois dos manifestantes carregavam placas pedindo a devolução dos direitos garantidos pela CLT.

Publicidade