Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Conferência entre EUA e Brasil revela deserto de diversidade

Todos os 28 oradores anunciados do evento de negócios do qual participará Bolsonaro e ministros são homens brancos

Por Mariana Muniz - 16 out 2020, 11h34

Na próxima semana, uma conferência de negócios reunirá virtualmente figurões do Brasil e dos Estados Unidos.

A lista de palestrantes do evento, com autoridades dos dois países, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, segue um padrão muito combatido em tempos de discussão de igualdade de gênero e raça.

Entre os 28 oradores listados no site da Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, todos os palestrantes são homens brancos.

Nunca é demais lembrar, no caso do Brasil, que as mulheres são 51,5% da população do Brasil, e as pessoas negras, 54%, segundo o IBGE.

Continua após a publicidade
Publicidade