Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Concorrência suspeita

Antes do resultado final, a concorrência para contratar a empresa que vai cuidar da assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho está causando polêmica. Avaliada em dez milhões de reais, a disputa tem cinco empresas selecionadas para a fase final depois da abertura dos envelopes. O problema é que uma funcionária que não está mais no […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h59 - Publicado em 25 abr 2014, 16h08
Manoel Dias e Lupi: polêmica no Ministério do Trabalho

Manoel Dias e Lupi: polêmica no Ministério do Trabalho

Antes do resultado final, a concorrência para contratar a empresa que vai cuidar da assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho está causando polêmica. Avaliada em dez milhões de reais, a disputa tem cinco empresas selecionadas para a fase final depois da abertura dos envelopes.

O problema é que uma funcionária que não está mais no Ministério ainda consta como integrante da comissão de licitação. Helenise Ribeiro Caldeira Brant deixou o cargo de assessora especial da pasta em 28 de março. Mesmo assim “participou” de todas as fases da disputa até agora.

(Atualização às 18h14: Helenize entrou em contato para informar que pediu demissão em fevereiro, mas a formalização da sua saída só foi publicada no Diário Oficial um mês depois. Helenize diz que nunca participou de nenhuma reunião da comissão de licitação e que acredita que seu nome está lá ainda por alguma falha burocrática)

Continua após a publicidade
Publicidade