Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Chaim e o valor escondido da Estácio

Chaim Zaher diz que deixa a presidência da Estácio porque seu mandato, de fato, era interino, para “acalmar os ânimos” após a saída de Rogério Melzi e a ofensiva das concorrentes. Sobre as propostas da Kroton e da Ser, ou se prosseguirá ele mesmo com a oferta pública de aquisição (OPA) pelo controle, nem um […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h20 - Publicado em 6 jul 2016, 15h02
Chaim:

Chaim: interino

Chaim Zaher diz que deixa a presidência da Estácio porque seu mandato, de fato, era interino, para “acalmar os ânimos” após a saída de Rogério Melzi e a ofensiva das concorrentes.

Sobre as propostas da Kroton e da Ser, ou se prosseguirá ele mesmo com a oferta pública de aquisição (OPA) pelo controle, nem um pio.

Mas resume assim sua breve passagem na presidência: “Deu para ver a riqueza que a Estácio tem e só quem é educador consegue notar. Os administradores não souberam mostrar para o mercado o valor que de fato a Estácio tem”.

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade