Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cármen Lúcia, do STF, rejeita habeas corpus de Sara Winter

Ministra do STF 'negou seguimento' ao pedido de liberdade da ativista bolsonarista que está presa desde segunda-feira

Por Mariana Muniz Atualizado em 18 jun 2020, 22h20 - Publicado em 18 jun 2020, 22h19

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu rejeitar o habeas corpus impetrado pela defesa da influencer bolsonarista Sara Geromini, conhecida como Sara Winter. Ela é líder do grupo “300 pelo Brasil”, que montou um acampamento em Brasília. 

Os fundamentos da decisão de Cármen ainda não foram divulgados, mas consta no andamento do processo que a ministra “negou seguimento” ao recurso, que foi apresentado por um advogado que representa a ativista “pro bono”.

Sara Winter está presa desde segunda-feira, no âmbito da investigação dos atos antidemocráticos, por determinação do ministro Alexandre de Moraes.

 

Continua após a publicidade
Publicidade