Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Campanha de Haddad põe na conta de Bolsonaro apoios de Janot e Joaquim

Até um tucano declarou voto no presidenciável petista

Por Gabriel Mascarenhas - Atualizado em 28 out 2018, 16h51 - Publicado em 28 out 2018, 16h50

Cabeças da campanha de Fernando Haddad têm convicção de que os apoios de Joaquim Barbosa e Rodrigo Janot ao candidato do PT é uma consequência direta da frase em que Jair Bolsonaro promete varrer do mapa seus adversários.

A pérola do capitão, de fato, assustou muita gente. Basta dizer que até o tucano Alberto Goldman declarou voto em Haddad depois disso.

Publicidade