Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro cita Rogério Marinho como ‘bom nome’ ao governo do RN

Presidente também voltou a falar na candidatura de Tarcísio de Freitas em São Paulo

Por Gustavo Maia Atualizado em 25 Maio 2021, 14h21 - Publicado em 25 Maio 2021, 11h18

Respondendo a um apoiador que perguntou sobre as eleições do ano que vem para o Governo do Rio Grande do Norte, o presidente Jair Bolsonaro citou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, como “um bom nome”.

“Eu não sei. Tem o Marinho lá, eu acho é um bom nome. Eu não sei se o Marinho quer, se vai disputar alguma coisa, não sei”, declarou Bolsonaro na manhã desta terça-feira, no cercadinho do Palácio da Alvorada

O interlocutor, que não aparece no vídeo divulgado por um canal de YouTube bolsonarista, responde que então vai falar com o ministro e o presidente consente: “tá, chega nele lá”.

Na sequência, Bolsonaro voltou a defender a candidatura do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, ao governo de São Paulo, para suceder seu desafeto, João Doria.

“O Tarcísio tá pensando em ser governador de São Paulo”, comentou o presidente, sorrindo. “Eu acho que leva em São Paulo, eu acho que leva. Um cara competente, mostra seu serviço, trabalha”, complementou, citando o currículo do ministro e escândalos de governos anteriores.

Na mesma conversa com apoiadores, ele disse que não vê a hora de decidir o partido, para disputar as eleições no ano passado, mas ressaltou que a decisão não é dele. Quando um apoiador diz que quer conversar em particular com ele, Bolsonaro diz que aceita indicações, desde que seja dono da legenda.

“O partido sendo meu, eu aceito a indicação tua. Se for meu o partido, eu aceito a indicação tua (Risos) Ninguém quer entregar o osso aí pra gente, só quer… Quer entregar só o casco do boi. Nem um ossinho com tutano quer dar pra gente aí…”, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade