Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bastidores da venda

A primeira conversa entre Fernando Cavendish e Joesley Batista aconteceu no sábado retrasado, dia 30, no apartamento do controlador da JBS, uma cobertura duplex no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Conversaram por horas, jantaram juntos e, já neste primeiro encontro, ficou praticamente selado o modus operandi da venda.  Estavam presentes apenas os dois. E como […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h54 - Publicado em 10 Maio 2012, 08h03

Cavendish e Joesley: encontro em São Paulo

A primeira conversa entre Fernando Cavendish e Joesley Batista aconteceu no sábado retrasado, dia 30, no apartamento do controlador da JBS, uma cobertura duplex no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Conversaram por horas, jantaram juntos e, já neste primeiro encontro, ficou praticamente selado o modus operandi da venda.  Estavam presentes apenas os dois.

E como Cavendish chegou a Joesley? Naquela semana, o encrencado (agora ex-)empreiteiro soube que a JBS havia alguns meses procurava entrar no setor de contrução pesada. E, então, foi oferecer o que tinha.

Cavendish, aliás, irá usar a partir de agora o argumento de que já foi punido por essa história toda – perdeu sua empresa. Beleza. Mas, baseados nas investigações que fizeram, os procuradores e a PF querem mais do que isso.

Continua após a publicidade
Publicidade