Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Auditoria não encontra atos ilícitos de Lula na Petrobras

PricewaterhouseCoopers atuou na petroleira entre 2012 e 2016

Por Ernesto Neves - Atualizado em 5 maio 2017, 18h17 - Publicado em 25 abr 2017, 06h00

A auditoria independente PricewaterhouseCoopers informou ao juiz Sergio Moro que não encontrou indícios de corrupção do ex-presidente Lula na Petrobras. A empresa auditou as contas da estatal entre 2012 e 2016.

A PricewaterhouseCoopers  havia sido intimada pelo magistrado a informar se Lula estava envolvido em atos ilícios na companhia.

“…no período em que atuamos como auditores independentes da Companhia (exercícios sociais de 2012 a 2016, não foram identificados e nem trazidos ao nosso conhecimento atos de corrupção ou atos ilícitos com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.

Publicidade