Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após pedido de Moro, MPF entra com recurso contra presidente da OAB

Procurador recorre ao TRF-1

Por Evandro Éboli - Atualizado em 24 jan 2020, 18h13 - Publicado em 24 jan 2020, 18h14

Após o pedido público do ministro Sergio Moro, o Ministério Público Federal no Distrito Federal entrou com recurso contra o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, no DF.

O procurador Wellington Divino Marques de Oliveira recorreu da decisão do juiz Rodrigo Bentemuller, da 15ª Vara Federal do DF, que rejeitou a denúncia feita pelo próprio representante do Ministério Público.

Agora, o procurador, que também denunciou o jornalista Glenn Greenwald nesta semana, mesmo o jornalista não tendo sido investigado, recorre ao TRF pedindo que seja aceita a denúncia de calúnia contra Santa Cruz, mas, dessa vez, sem pedir o afastamento do presidente da Ordem.

Com a decisão do juiz na semana passada, Moro declarou esperar que o MPF recorra, o que está acontecendo.

Publicidade

Santa Cruz declarou que Moro “banca o chefe da quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”, o que gerou a denúncia do procurador. 

 

Publicidade