Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após Justiça negar pedido de liminar, Ministério assina licitação

Ministério dá a questão por encerrada, mas MPF deve entrar no imbróglio

Por Pedro Carvalho 20 abr 2017, 14h40

O Ministério da Integração deu por encerrado o enrolado edital para obras de um trecho do eixo norte da transposição do rio São Francisco. O ministro Helder Barbalho acabou de assinar com o Consórcio Emsa/Sitom.

A decisão foi tomada logo após a Justiça negar o pedido de liminar do Consórcio Passarelli/Construcap/PB Construções contra a decisão da pasta, que o desabilitou na licitação do trecho.

Quanto às mudanças no edital, a Justiça entendeu que “não há que se falar em desrespeito aos princípios da segurança jurídica, da boa-fé e da confiança”, uma vez que as adequações foram feitas para dar celeridade ao processo.

Apesar de mais uma decisão desfavorável a Passareli, Albernaz encaminhou uma cópia dos autos ao MPF, “considerando que chama a atenção a alegada diferença de 75 milhões de reais entre a proposta apresentada pelas impetrantes e a que foi reputada vencedora pela administração pública”.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade