Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alvo de Bolsonaro, delegado da PF no Rio mostra dados de produtividade

No depoimento que prestou nesta segunda, Ricardo Saad mostrou números de sua gestão à frente da Superintendência do Rio de Janeiro

Por Robson Bonin 11 Maio 2020, 20h15

No depoimento que prestou nesta segunda, o delegado federal Ricardo Saad mostrou números de sua gestão à frente da Superintendência do Rio de Janeiro. Sob seu comando, a PF no Rio saiu do 24º lugar e chegou ao 4º lugar no índice de produtividade operacional da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado.

O presidente Bolsonaro, em 2019, declarou que a troca de Saad seria justificada por baixa produtividade. Mas, além dos números positivos, Saad explicou no depoimento que terminou por sair da Superintendência por motivos familiares. Ele queria retornar a Brasília ou a São Paulo.

Publicidade