Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alvo da Carne Fraca, ex-senador mirava entidade do agronegócio

Articulação para assumir o comando da Associação Brasileira de Proteína Animal foi por água abaixo

Por Pedro Carvalho 1 out 2019, 18h03

O ex-senador Cidinho Santos (PL-MT) trabalhava, até a nova fase da Operação Carne Fraca, para substituir o presidente Francisco Turra na Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Presidente desde 2008, Turra prefere que seu sucessor seja Ricardo Santin, atual vice-presidente.

Com a Polícia Federal em seu encalço, Santos se inviabilizou.

Santos foi alvo da operação que apura o pagamento de 19 milhões de reais em propina a auditores fiscais agropecuários federais em vários estados. Policiais federais cumpriram mandado de busca e apreensão no escritório e na empresa do ex-senador.

Publicidade