Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alvo da bancada feminina

Depois de Marco Feliciano, agora é vez de um grupo de deputadas que se volta contra o Porta dos Fundos (Mais detalhes em Mau Humor). O vídeo Oh Meu Deus virou alvo da Coordenadoria da Bancada da Mulher, composta por 46 parlamentares e liderada pelas deputadas Elcione Barbalho e Jô Moraes. As deputadas pedem à […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 05h25 - Publicado em 11 set 2013, 14h18

O vídeo da polêmica

Depois de Marco Feliciano, agora é vez de um grupo de deputadas que se volta contra o Porta dos Fundos (Mais detalhes em Mau Humor). O vídeo Oh Meu Deus virou alvo da Coordenadoria da Bancada da Mulher, composta por 46 parlamentares e liderada pelas deputadas Elcione Barbalho e Jô Moraes.

As deputadas pedem à presidência da Câmara que aprove uma moção de repúdio ao vídeo que conta a história de uma mulher, interpretada pela atriz Clarice Falcão, que vai ao ginecologista e é descoberta com a imagem de Jesus Cristo na vagina.

Alegam que a figura da mulher é retratada de forma “humilhante” e “constrangedora”. Diz ainda que o vídeo representa um “desserviço às políticas de saúde femininas, uma completa negação do humor”.  Além da moção, Barbalho e Moraes exageram e pedem medidas judiciais contra o Porta dos Fundos.

Continua após a publicidade

Publicidade