Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aliança de Collor com o PSDB irrita Alckmin e caciques

Problemão

Por Da Redação Atualizado em 7 ago 2018, 15h54 - Publicado em 7 ago 2018, 14h01

O apoio de última hora do PSDB alagoano à candidatura de Fernando Collor (PTC) ao governo do estado criou um problema enorme dentro do partido.  

Tucanos tradicionais, como o ex-governador Teotônio Vilela Filho, se recusam a aderir ao acordo.

E nem mesmo Geraldo Alckmin está satisfeito. Isso porque ele se viu sem palanque no estado.

A competente e fulminante costura de Collor com os tucanos foi feita no último fim de semana.

Collor foi pessoalmente à casa do presidente da Câmara de Vereadores de Maceió, Kelmann Vieira (PSDB), para convidá-lo a ser seu vice. Dizem que a surpresa foi tanta que Kellmann estava no chuveiro quando o ex-presidente apareceu. De lá, seguiram direto para a convenção partidária. 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade