Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ala moderada do governo aconselha Bolsonaro a cair na estrada

Ideia dos ministros é garantir um ambiente sem distrações para manter a base governista focada na votação das reformas

Por Robson Bonin Atualizado em 4 fev 2021, 19h59 - Publicado em 5 fev 2021, 10h11

Nessa nova fase de relação com o Congresso e de articulação de votações de interesse do Planalto, a ala moderada do governo quer que Jair Bolsonaro retome sua agenda de viagens Brasil afora e evite polêmicas enquanto o Parlamento atua para destravar as reformas em Brasília.

A ideia é não criar polêmicas que desviem o foco do Congresso para debates laterais, como Bolsonaro fez nos últimos dias ao falar de uma série de projetos de interesse do seu grupo ideológico de apoiadores.

Bolsonaro gostou da ideia de viajar. É o que considera fazer melhor, além de não perder os dias em “reuniões chatas” de trabalho no gabinete presidencial. Se vai livrar o governo de polêmicas, mesmo em outros estados, aí é outra história.

Publicidade