Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Espero que não façam mais manobras de adiamento’, diz Cunha

Pouco antes de o Conselho de Ética analisar seu pedido de cassação, Eduardo Cunha se diz confiante na absolvição e espera que os integrantes do colegiado “não façam mais manobras de adiamento” da votação. Na semana passada, quando viu que Cunha obteria uma vitória no Conselho, o presidente do colegiado, José Carlos Araújo, suspendeu a […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h31 - Publicado em 14 jun 2016, 12h01
Cunha: convidado de solenidade no STF

Quer votar logo

Pouco antes de o Conselho de Ética analisar seu pedido de cassação, Eduardo Cunha se diz confiante na absolvição e espera que os integrantes do colegiado “não façam mais manobras de adiamento” da votação.

Na semana passada, quando viu que Cunha obteria uma vitória no Conselho, o presidente do colegiado, José Carlos Araújo, suspendeu a sessão e agendou uma nova para hoje.

A interlocutores, Cunha ainda tem dito que o excesso de ataques e o pedido de prisão feito por Rodrigo Janot acabaram por vitimizá-lo junto aos deputados.

Segundo ele, são tantos os ataques que muitos nem se lembram do pedido de prisão. Por isso, acredita que conseguirá evitar o relatório favorável à sua cassação.

Continua após a publicidade
Publicidade