Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Paraná Por VEJA Correspondentes Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens paranaenses. Por Guilherme Voitch, de Curitiba

A “dúvida” de Beto Richa foi embora com 2017

Estafe do governador trabalha para limitar o número de concorrentes ao Senado

Por Guilherme Voitch Atualizado em 30 jul 2020, 20h37 - Publicado em 29 dez 2017, 13h21

Nem os auxiliares mais próximos seguram o discurso da “dúvida” do governador Beto Richa sobre concorrer ao Senado em 2018. Beto e seu estafe mantiveram, ao longo de todo 2017, a narrativa de que o governador estaria pensando em cumprir o mandato até final, abrindo mão de disputar as próximas eleições.

Se apenas estratégia ou possibilidade real, o fato é que a possível desistência de Richa embaralhava a eleição para o governo do estado, causando especial complicação para a vice Cida Borghetti.

A grande dúvida acabou com o ano. Beto é candidato ao Senado. O entourage tucano agora trabalha abertamente para limitar o número de concorrentes.

Publicidade