Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pendura na conta do general especialista em logística

Saúde em atraso

Por Ricardo Noblat Atualizado em 8 dez 2020, 17h26 - Publicado em 8 dez 2020, 09h00

Sabe a última do Ministério da Saúde comandado por Eduardo Pazuello, um general escolhido para o lugar pelo ex-capitão Jair Bolsonaro por se tratar de um admirável especialista em logística e, acima de tudo, um servidor obediente?

Pois bem: o ministério deixou vencer um contrato e por isso estão suspensos os exames de genotipagem no Sistema Único de Saúde para pessoas que vivem com AIDS, a doença causada pelo vírus HIV, e também hepatites virais.

+ Receba notícias de VEJA no Telegram

Sem os exames, não se pode conferir aos doentes o tratamento mais adequado para quem desenvolve resistência a algum medicamento. O contrato venceu em novembro. O pregão deverá ser realizado hoje. Em janeiro, os exames serão retomados.

A propósito da Covid-19: segundo informou o site da BBC de Londres, as compras de seringas, algodão e de outros insumos já estão atrasadas. Mesmo que a licitação seja concluída este mês, as compras só deverão ser entregues em 60 ou 90 dias.

Continua após a publicidade
Publicidade