Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Gleisi Hoffmann, o gênio político (2)

Com aliados desse tipo, Haddad não precisa de adversários

Por Gustavo Noblat Atualizado em 30 jul 2020, 20h16 - Publicado em 10 out 2018, 08h00

No melhor estilo dela mesma, talvez levemente influenciada pela maneira sincera como o general Hamilton Mourão, vice de Bolsonaro, responde a perguntas dos jornalistas, a recém-eleita deputada Gleisi Hoffmann, presidente do PT, revelou o que não era para revelar, o que sequer lhe foi perguntado:

– [Lula] mandou um recado para mim: ‘Manda o Haddad fazer campanha, ele não precisa mais vir aqui’.

O candidato do PT a presidente da República apanha toda vez que desembarca em Curitiba para receber novas ordens de Lula. Tantas visitas só dão razão aos seus adversários que o acusam de ser uma espécie de laranja do ex-presidente, nada mais do que isso.

O que Lula mandou dizer a Gleisi só reforça a acusação. Haddad foi orientado a não ir a Curitiba até o fim do segundo turno. A indiscrição de Gleisi pode tê-la devolvida ao noticiário, mas bem não fez a Haddad.

Continua após a publicidade
Publicidade