Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Prêmio literário é suspenso após finalistas recusarem patrocínio da Amazon

Segundo os participantes, a presença da gigante americana no evento ameaça as livrarias locais e vai contra os princípios do concurso

Por Redação Atualizado em 20 nov 2018, 08h22 - Publicado em 19 nov 2018, 19h01

O Prix Littéraire des Collégiens (Prêmio Literário dos Universitários, em tradução livre), que acontece anualmente em Quebec, no Canadá, teve sua 15ª edição suspensa após protestos dos cinco finalistas. Ao descobrirem que o prêmio de 5.000 dólares canadenses (aproximadamente 14.000 reais) seria dado pela Amazon, os escritores pediram para que a organização do evento reconsiderasse a parceria.

“Nosso incômodo vem da perigosa competição que essa gigante trava com as livrarias de Quebec”, escreveram em uma carta ao jornal Le Devoir. “Infelizmente, acreditamos que com a parceria com a Amazon, o prêmio deixa de cumprir seu principal papel, que é ‘promover a literatura de Quebec nos dias de hoje’”, pontuaram.

A competição tem como objetivo divulgar a literatura local através da seleção de cinco obras de ficção escritas em francês por autores canadenses. O júri é inteiramente composto por estudantes.

  • Após a publicação da carta, os organizadores anunciaram o cancelamento do prêmio. De acordo com o jornal Montreal Gazette, uma nova edição está sendo avaliada pelo comitê organizador, que procura por um novo patrocinador. Centenas de professores canadenses assinaram uma petição pedindo a intervenção dos ministérios da Educação e da Cultura para que os fundos possam ser angariados com novas parcerias.

    Já a empresa Amazon declarou, após ser anunciada como patrocinadora do concurso, que compartilhava do “compromisso em promover o amor pela literatura quebequense, tanto na região quanto no exterior”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade