Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Bloomsday, em homenagem a Joyce, é celebrado no Brasil

Por Raquel Carneiro - Atualizado em 31 jul 2020, 03h39 - Publicado em 16 jun 2014, 15h30

james-joyce-1

Há 110 anos, no dia 16 de junho de 1904, Leopold Bloom sai de casa e perambula pelas ruas de Dublin pensando em Molly. O dia trivial, escrito por James Joyce, é o centro do aclamado romance Ulysses, publicado originalmente em 1922. A data, escolhida pelo autor por marcar o dia em que saiu pela primeira vez com Nora, sua companheira de uma vida, foi apelidado de Bloomsday e é celebrado por fãs de literatura em diversos países.

A festa maior é feita em Dublin. Lá, fãs se fantasiam e passeiam pelos cenários do romance, param no centenário Davy Byrnes Pub e fazem leituras da obra do cultuado autor. Em São Paulo, onde a data é comemorada desde 1988 por iniciativa de Haroldo de Campos, também haverá gente fantasiada de Leopold Bloom, Molly e James Joyce, mas os personagens serão encarnados por atores de companhias como Lona de Retalhos, Grupo CGI, Núcleo Zona Autônoma, Quarteto à Deriva e Uma das Três. Eles foram convidados pelos atores Lígia Helena e Paulo Gircys, da Cia. Estrela D’Alva de Teatro, responsáveis pelo espetáculo Ulisses Molly Bloom – Dançando Para Adiar, para ajudarem no que chamaram de Encontro Peripatético, que passará pela Cardoso de Almeida, Dr. Arnaldo, Teodoro Sampaio, Capote Valente e Arthur de Azevedo até chegar ao Finnegan’s, onde uma grande programação começa às 19 horas.

jamesjoyceQuem também aproveitou a data para homenagear o escritor foi a editora Companhia das Letras, que lançou recentemente o inédito Finn’s Hotel (tradução Caetano W. Galindo, 168 páginas), manuscrito encontrado no início dos anos 1990 e que causou alvoroço entre os especialistas de Joyce. O texto, curto e levemente mais acessível que suas obras anteriores, é apontado como uma introdução ao seu gigantesco Finnegans Wake, último livro do autor, publicado em 1939, e considerado um dos mais importantes romances do mundo.

Continua após a publicidade

Outros Bloomsdays – No Rio, a comemoração começa às 21 h na Escola Letra Freudiana. A professora Bernardina da Sillveira Pinheiro apresenta uma análise da paródia que Joyce fez de Hamlet. Em Florianópolis, o evento organizado por Clélia Mello, Dirce Waltrick do Amarante e Sérgio Medeiros começa às 17 h na Aliança Francesa. Já em Belo Horizonte, a festa está marcada para as 18 h na Casa Una de Cultura, com filmes, leituras e exposição. Em Porto Alegre, às 19h30, no StudioClio, haverá sarau com a banda Irish Fellas.

(Com agência Estado)

Publicidade