Clique e assine a partir de 8,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Tuíte antigo de Huck sobre Eike e Cabral causa alvoroço na rede

Apresentador da TV Globo mandou em 2009 um ‘parabéns especial’ para o empresário e o ex-governador, ambos com prisão decretada nesta quinta pela Justiça

Por Da Redação - Atualizado em 26 jan 2017, 21h59 - Publicado em 26 jan 2017, 21h24

Um tuíte antigo de Luciano Huck foi “ressuscitado” nesta quinta-feira, em meio aos pedidos de prisão do empresário Eike Batista e do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e deixou o apresentador em má situação.

Na postagem, de 2009, ele mandou um “parabéns especial” para Eike, Cabral e o então prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB) – dos três, só o último não está enroscado com a Polícia Federal por causa de crimes como corrupção ou lavagem de dinheiro.

Continua após a publicidade

Em 2009, Eike estava em ascensão, com patrimônio superior a 20 bilhões de dólares, e, dois anos depois, entraria na lista dos dez maiores bilionários do mundo, segundo a revista Forbes – ele apareceu em oitavo.

Já Cabral estava em um bom momento do seu governo, ainda no primeiro mandato e seria reeleito em 2010. Paes estava apenas no segundo ano de sua gestão e também seria reconduzido ao cargo, em 2012.

Os seguidores e visitantes da página de Huck no Twitter não perdoaram. Só hoje, foram mais de 200 comentários publicados, quase a totalidade reprovando o tuíte do apresentador. Uma boa parte pedia para ele apagar o post, o que ele não tinha feito até as 21 horas.

Veja alguns dos comentários ao tuíte de Huck:

 

tuite-1
tuite-6
tuite-4
tuite-5
tuite-7
Continua após a publicidade
Publicidade