Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF prende o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio; veja vídeos

Ele cumpria prisão domiciliar no inquérito que apura o financiamento de atos antidemocráticos, mas descumpriu a decisão; VEJA acompanhou a ação da polícia

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 18 dez 2020, 15h55 - Publicado em 18 dez 2020, 14h42

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio foi preso pela Polícia Federal no início da tarde desta sexta-feira, 18, após determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF)).

O magistrado determinou que o jornalista fosse preso após ele ter desrespeitado a prisão domiciliar imposta no curso do inquérito que investiga o financiamento e organização de atos antidemocráticos. O blogueiro, que usa tornozeleira eletrônica, foi até o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (foto abaixo).

Oswaldo Eustáquio
Oswaldo Eustáquio mostra a tornozeleira durante vistia ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos ./Divulgação

Os policiais federais chegaram à casa do blogueiro, no Lago Sul, em Brasília, por volta das 10h e demoraram cerca de meia hora para entrar. Dentro do imóvel, na sala de jantar, as negociações para a prisão demoraram mais de duas horas e foram acompanhadas pela reportagem de VEJA.

Eustáquio argumentou que sua detenção era ilegal e, num primeiro momento, chegou a dizer que não iria acompanhar os policiais. Houve um momento tenso quando os agentes disseram que, se ele não se entregasse voluntariamente, seria levado à força. “O senhor não está entendendo, eu estou começando a perder a paciência. É melhor o senhor sair sem algemas”, disse um dos policiais.

Antes de sair, Eustáquio fez um último pedido: disse que era aniversário da esposa dele e que queria telefonar para lhe dar os parabéns. No momento da chegada dos policiais, ele estava na casa com três filhos e mais dois funcionários. Os policiais autorizaram, ele ligou para a mulher, deu os parabéns e pediu a ela que cuidasse da família. Ao ser preso, ele se enrolou em uma bandeira do Brasil.

Veja os vídeos do momento da prisão.

 (Mais informações em instantes)

Continua após a publicidade
Publicidade