Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Marcos Pontes vai pela 3ª vez aos Emirados Árabes; veja destinos favoritos

Titular de Ciência, Tecnologia e Inovações já gastou mais de meio milhão de reais em diárias e passagens e é o ministro que mais fez viagens para o exterior

Por Bruno Ribeiro Atualizado em 18 out 2021, 13h32 - Publicado em 18 out 2021, 13h23

Ministro do governo Jair Bolsonaro que mais viajou para fora do país e titular de uma pasta que perdeu 90% de seus recursos financeiros no começo deste mês, Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações) está desde sexta-feira, 15, em mais uma viagem oficial, agora para os Emirados Árabes Unidos. No domingo, 17, ele inaugurou uma apresentação no estande do governo brasileiro na Expo Dubai. É a terceira vez que o ministro vai para o país árabe desde que foi nomeado ministro, em 2019, fazendo de lá um de seus destinos prediletos.

A primeira vez em que esteve nos Emirados foi em junho de 2019, para visitas a Abu Dhabi e Dubai. A prestação de contas de sua viagem informa que ele esteve lá para reuniões com autoridades e empresários da área de ciências. Na segunda vez, em outubro do mesmo ano, a missão foi apenas para Abud Dhabi acompanhando a comitiva do presidente Jair Bolsonaro.

Reportagem de VEJA desta semana mostra que Pontes é o ministro do atual governo que mais viajou para o exterior: foram 20 viagens internacionais, em um roteiro que incluiu Paris, Barcelona, Washington, Orlando e Pequim (veja lista completa abaixo). No total, o ex-astronauta fez 107 viagens, ficou um a cada três dias do período no governo em trânsito e gastou mais de 503.000 reais só em diárias e passagens.

Os seus destinos preferidos até agora foram Viena (Áustria) e Houston (EUA), para onde embarcou três vezes. Na capital austríaca, ele visitou centros de tecnologia e participou de reuniões de cúpula com autoridades da área de ciências. Na cidade americana, ele foi ao Johnson Space Center, da Nasa, teve reuniões com empresários de empresas de tecnologia e participou de dois eventos promovidos pela Câmara de Comércio Brasil-Texas. A justificativa da viagem aponta que o ministro seria recebido como “special guest” em uma das reuniões. 

Na sequência, entre os destinos mais visitados, com duas viagens, aparece Tel Aviv (Israel) e Nova Délhi (Índia). Também esteve duas vezes na Antártida.

O próximo destino internacional de Pontes deverá ser Glasgow (Escócia). Segundo o Radar,  o ministro apresentou uma lista com 18 integrantes da pasta para a comitiva que vai ao encontro ambiental COP-26, no fim do mês, mas o pedido foi rejeitado por Bolsonaro, que já demonstrava irritação com a farra da Expo Dubai. O presidente também não gostou da reportagem de VEJA que mostrou que Pontes é quem mais viaja ao exterior no seu governo.

Veja a lista de todas as cidades estrangeiras visitadas pelo ministro:

  • Trieste (Itália)
  • Viena (Áustria)
  • Genebra (Suíça)
  • Paris (França)
  • Abu Dabi (Emirados Árabes)
  • Dubai (Emirados Árabes)
  • Doha (Catar)
  • Orlando (EUA)
  • Houston (EUA)
  • Washington (EUA)
  • Nova Delhi (Índia)
  • Bangalore (Índia)
  • Chennai (Índia)
  • Telavive (Israel)
  • Barcelona (Espanha)
  • Lisboa (Portugal)
  • Seul (Coréia do Sul)
  • Pequim (China)
  • Dresden (Alemanha)
  • Caiena (Guiana Francesa)
  • Kourou (Guiana Francesa)
  • Buenos Aires (Argentina)
  • Estação Comandante Ferraz (Antártica)
  • Estação Eduardo Frei (Antártica)
Continua após a publicidade

Publicidade