Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Agentes de Doria aproveitam ausência do chefe e curtem Carnaval

Na ausência do prefeito, quem também aproveitou foi Bruno Covas, bastante tietado durante a folia

Por Eduardo Gonçalves Atualizado em 30 jul 2020, 21h01 - Publicado em 26 fev 2017, 02h12

O prefeito de São Paulo, João Doria, deu trabalho no primeiro dia de desfile das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo. Percorreu o camarote da prefeitura distribuindo fotos, subiu no gradeado para cumprimentar o público dos camarotes vizinhos, foi vaiado por parte da arquibancada, entrou na passarela para varrer a rua. Na manhã deste sábado, o tucano ainda foi em um bloquinho na Vila Madalena, onde chegou a discutir com opositores. Tudo isso sendo seguido de perto pela sua equipe de segurança. Nesse segundo dia de desfile o prefeito não apareceu no sambódromo e os agentes aproveitaram para assistir ao desfile.

Na ausência de Doria, quem roubou a cena foi o vice-prefeito Bruno Covas, que também foi bastante tietado durante a folia. “O Doria não veio hoje? Queria uma foto com ele. Posso, então, tirar uma com você?”, perguntou uma mulher a Covas, que correspondeu ao pedido. “Eles são políticos, né”, comentou um auxiliar sobre Covas e Doria estarem sempre de bom humor e com um sorriso na rosto na hora de atender aos pedidos de foto.

Publicidade