Clique e assine a partir de 9,90/mês
Letra de Médico Por Adriana Dias Lopes Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Pele negra: saiba como deixá-la saudável e sem manchas

Esfoliar e hidratar a pele são passos importantes nos cuidados diários e semanais com a pele

Por Adriana Vilarinho - Atualizado em 6 set 2019, 14h37 - Publicado em 6 set 2019, 13h24

É comum que pessoas de pele negra produzam maior quantidade de sebo e oleosidade no rosto, conferindo um aspecto esbranquiçado, principalmente em épocas mais frias do ano. Por isso, é preciso utilizar produtos adequados a cada região do corpo para evitar desconfortos. Esfoliar e hidratar a pele são passos importantes nos cuidados diários e/ou semanais com a pele e, nesse caso, a indicação de dermocosméticos como séruns com ativos antioxidantes e tônicos faciais, por um dermatologista, é o ideal.

Cuidados

Como qualquer tipo de pele, os cuidados com a pele negra devem começar com o uso de sabonete mais indicado à sua necessidade (mista, seca ou oleosa), além do protetor solar diário com fator de proteção 15, no mínimo. A grande quantidade de melanina ajuda na proteção solar, porém, também deixa a cútis mais propensa ao aparecimento de manchas como hiperpigmentações e melasma. 

O alto nível de colágeno permite que seja mais elástica e resistente aos efeitos do tempo, como rugas e linhas de expressão, mas também aumenta a possibilidade de produção de queloides.

Para uma pele mais iluminada, uniforme e viçosa, a vitamina C, assim como o ácido Kójico, são recomendados para prevenir o envelhecimento precoce e estimular a produção de colágeno. Em consultório, podem ser realizados peelings químicos (a base de ácidos indicados por dermatologistas) ou físicos (como cristal e diamante) e lasers, como o Nd:Yag e lasers fracionados.

Continua após a publicidade

Outra questão comum a esse fototipo é a foliculite secundária a pelos encravados. Esfoliar a pele antes da depilação com cera ou lâmina e hidratar bem após, ajuda a proteger a pele contra agressões ambientais e inflamações. Em casos mais graves, a depilação à laser poder ser uma boa opção, mas é preciso se consultar com um dermatologista para avaliação e indicação do melhor tratamento para sua pele.

A dermatologista Adriana Vilarinho

Quem faz Letra de Médico

Adilson Costa, dermatologista
Adriana Vilarinho, dermatologista
Ana Claudia Arantes, geriatra
Antonio Carlos do Nascimento, endocrinologista
Antônio Frasson, mastologista
Arthur Cukiert, neurologista
Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião
Bernardo Garicochea, oncologista
Claudia Cozer Kalil, endocrinologista
Claudio Lottenberg, oftalmologista
Daniel Magnoni, nutrólogo
David Uip, infectologista
Edson Borges, especialista em reprodução assistida

Eduardo Rauen, nutrólogo
Fernando Maluf, oncologista
Freddy Eliaschewitz, endocrinologista
Jardis Volpi, dermatologista
José Alexandre Crippa, psiquiatra
Ludhmila Hajjar, intensivista
Luiz Rohde, psiquiatra
Luiz Kowalski, oncologista

Marcelo Bendhack, urologista
Marcus Vinicius Bolivar Malachias, cardiologista
Marianne Pinotti, ginecologista
Mauro Fisberg, pediatra
Roberto Kalil, cardiologista
Ronaldo Laranjeira, psiquiatra
Salmo Raskin, geneticista
Sergio Podgaec, ginecologista

Publicidade