Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

50 ótimos filmes de 2018 que você já pode ver em casa

De grandes lançamentos até títulos pouco falados, mas de muita qualidade, as opções vão do infantil ao terror

Não teve paciência de ir ver Pantera Negra ou Missão: Impossível – Efeito Fallout? Deixou Ilha dos Cachorros escapar? Nem ouviu falar de Buscando…, 1945 ou O Orgulho? Então passe 2018 a limpo com esta lista de tudo – ou quase – que valeu a pena no cinema e já chegou ao streaming ou ao on-demand.


Alfa (Alpha)

Onde: Looke, NOW

Na Era do Gelo, em algum lugar do que hoje é a Europa, um rapaz se desgarra do seu bando durante uma caçada – mas, junto de um lobo, encontra uma amizade que vai durar pelos milênios seguintes. As paisagens são de embasbacar.


O Animal Cordial

Onde: NOW

Dificuldades financeiras, casamento estremecido e, tarde da noite, ainda por cima uma dupla de ladrões entra no restaurante em que Murilo Benício serve seus últimos clientes. Oito personagens presos num mesmo lugar, com suas feras à solta.


A Balada de Buster Scruggs (The Ballad of Buster Scruggs)

Onde: Netflix

Detentores do recorde de bilheteria para um faroeste na última década (Bravura Indômita, de 2010), os irmãos Coen retornam ao gênero com seis contos muito diferentes. Difícil escolher qual o melhor.


Benzinho

Onde: NOW

Em Petrópolis, uma mãe – Karine Teles, radiante no papel – lida com o filho mais velho que vai voar do ninho, o marido que quer melhorar de vida, a casa que parou no meio da construção, a irmã que se separou, a bagunça dos filhos pequenos. Um filme em estado de graça, sobre a beleza das pequenas coisas.


Buscando… (Searching)

Onde: Looke, NOW

John Cho, muito bem, é o pai que tenta seguir a trilha digital da filha adolescente desaparecida, com a ajuda de uma detetive interpretada por Debra Messing. Tenso, sofrido, bem escrito – e com uma reviravolta final daquelas.


Ciganos da Ciambra (A Ciambra)

Onde: NOW

Nos arrabaldes esquálidos da cidade de Gioia Tauro, no Sul da Itália, o diretor Jonas Carpignano acompanha o adolescente Pio, que tenta achar seu caminho entre o caos de seu clã de ciganos. Meio ficcional, quase todo documental, é uma barra de assistir, mas é capaz também de chegar em uma beleza intensa.


Custódia (Jusq’à la Garde)

Onde: Looke, NOW

Um pai acusado de violência (o sensacional Denis Ménochet) e uma mãe disputam a guarda do filho de 11 anos. Filmado com naturalismo para captar a volatilidade extrema da situação, o filme evolui por rumos aterradores. São apenas 90 minutos – mas o espectador os atravessa com a respiração presa.


Deadpool 2

Onde: Looke, NOW

Às voltas com um mutante adolescente, gordinho e de temperamento literalmente inflamável, Ryan Reynolds não desperdiça nenhum dos 119 minutos de filme. Alguns deles, porém, são mais impagáveis do que os outros – a exemplo da sequência em que a força-tarefa de Deadpool age pela primeira vez, ou os créditos finais.


Desobediência (Disobedience)

Onde: Looke, NOW

De volta à sua comunidade judia ortodoxa para o funeral do pai, a renegada Rachel Weisz reacende a fogueira de desaprovação que a fizera partir, retomando seu romance com Rachel McAdams, agora casada com o profundamente religioso Alessandro Nivola. Mais um filme de sensibilidade incomum do chileno Sebastián Lelio, de Uma Mulher Fantástica.


O Destino de uma Nação (Darkest Hour)

Onde: Looke, NOW

Em uma atuação soberba, Gary Oldman vive Winston Churchill entre maio e junho de 1940, quando ele debelou os apaziguadores de seu partido, assumiu o cargo de primeiro-ministro, evacuou as centenas de milhares de soldados ingleses acuados pelos nazistas na praia francesa de Dunquerque e jurou que a Inglaterra jamais se renderia a Adolf Hitler.


Em Pedaços (Aus dem Nichts)

Onde: NOW

Diane Kruger é feliz no casamento com um turco – até que uma bomba explode a agência de viagens que ele toca em Hamburgo, matando a ele e ao filho pequeno. Os autores do atentado – um jovem casal neonazista – são levados a julgamento, mas o veredicto é um tapa na cara da viúva. Devastada, ela decide fazer por si mesma a justiça que não obteve no tribunal. Árduo e terrivelmente lúcido sobre a tensão racial europeia.


Eu, Tonya (I, Tonya)

Onde: Telecine

Margot Robbie, essa força da natureza, brilha sem nenhum medo de afrontar a plateia no papel de Tonya Harding, a patinadora olímpica empurrada à frente pela mãe pobre, ignorante e implacável – uma maravilhosa Allison Janney – e acusada de ter mandado espancar sua rival no gelo. Quem viu o documentário sobre Tonya sabe: o show de horrores é real.


Ferrugem

Onde: NOW

Tati e Renet se paqueram, trocam um beijo, ela percebe que perdeu o celular. Na segunda-feira, na escola, ela encontra um pesadelo: alguém achou o celular e vazou um vídeo íntimo dela com o ex-namorado. Com sobriedade mas um entendimento agudo da adolescência, o diretor Aly Muritiba deslinda a tragédia que pode ser o cyberbullying.


A Grande Jogada (Molly’s Game)

Onde: Amazon, NOW

Jessica Chastain mostra que é uma atriz nascida para trabalhar com Aaron Sorkin – o roteirista de A Rede Social, aqui estreando na direção – com a história verídica de Molly Bloom, a jovem ultra-ambiciosa e ultradeterminada que virou agenciadora das rodas de pôquer mais estreladas dos Estados Unidos.


Hereditário (Hereditary)

Onde: Amazon, NOW

Toni Collette acabou de perder sua mãe muito estranha, e o marido e o filho andam pisando em ovos em volta dela. A filha, também muito estranha, é a única que sente falta da avó. Logo, coisas terríveis estarão acontecendo. Uma hora e meia de puro pavor, seguida de uma meia hora final que, infelizmente, decepciona um bocado.


Homem-Formiga e a Vespa (Antman and the Wasp)

Onde: Looke, NOW

O traje de Paul Rudd está dando defeito, e ele muda para tamanhos constrangedores bem nos momentos em que mais gostaria de impressionar Evangeline Lilly: uma brincadeira deliciosa e efervescente do começo ao fim, feita com alegria visível.


Ilha dos Cachorros (Isle of Dogs)

Onde: Looke, NOW

O clã Kobayashi adora gatos e odeia cachorros – daí aproveitar-se de um pretexto duvidoso para deportá-los todos para uma ilha/lixão. Há aí um garoto, porém, que não vai desistir de seu cão. O diretor Wes Anderson supera até sua animação anterior, O Fantástico Sr. Raposo, nesta história sublime sobre abandono, amor e lealdade, em que incontáveis influências das artes visuais japonesas se misturam.


O Insulto (L’Insulte)

Onde: NOW

Uma briga boba – por causa de uma calha de chuva – entre um libanês cristão e um refugiado palestino toma proporções assustadoras e sacode Beirute neste filme potente e urgente do diretor Ziad Doueiri, do também ótimo O Atentado. Uma das melhores supresas do ano.


Jogador Nº1 (Ready Player One)

Onde: Looke, NOW

Steven Spielberg recobra todo o seu entusiasmo juvenil neste que é certamente o maior passeio que alguém já fez pela cultura pop das últimas décadas.


Um Lugar Silencioso (A Quiet Place)

Onde: Looke

Qualquer ruído – um passo mais forte, um talher contra um prato – pode atrair as criaturas que, em questão de semanas, quase que dizimaram a humanidade. Estreando atrás das câmeras, John Krasinski dirige sua mulher, a fabulosa Emily Blunt, nesta história de uma família que tenta sobreviver em absoluto silêncio. Feito com economia, talento e imaginação.


Me Chame pelo Seu Nome (Call Me by Your Name)

Onde: HBO, Looke

No verão de 1983, Elio, de 17 anos, perde o fôlego ao conhecer o americano Oliver, de 24, que seus pais estão recebendo em sua villa na Itália. É tanta beleza que o espectador pode se sentir até meio embriagado com a paixão encenada por Timothée Chalamet e Armie Hammer.


1945

Onde: Looke, NOW

A II Guerra acabou faz poucos meses, é verão e o vilarejo húngaro se prepara para celebrar um casamento quando dois desconhecidos – obviamente judeus – descem do trem. Os moradores entram em tumulto: estarão eles ali para reclamar as propriedades e os bens que foram tomados de alguma das famílias executadas em Auschwitz? Em tempo real e com tensão quase insuportável, o diretor Ferenc Török faz uma brincadeira explosiva com o clássico do faroeste Matar ou Morrer.


Missão: Impossível – Efeito Fallout (Mission: Impossible – Fallout)

Onde: NOW

Tom Cruise persegue um terrorista misterioso, de quem não se conhece nem a identidade nem o rosto, ao mesmo tempo em que enfrenta a sanha da CIA contra sua unidade e tenta se entender com Henry Cavill (ótimo no papel) e com Rebecca Ferguson. No sexto filme da série, os stunts estão cada vez mais mirabolantes – o que de nada valeria sem a criatividade do roteiro, a precisão da execução e a elengância da direção de Christopher McQuarrie.


A Morte de Stalin (The Death of Stalin)

Onde: Looke, NOW

Armando Iannucci, criador da série Veep, coloca todo o seu humor cortante neste filme de elenco sensacional – Steve Buscemi, Michael Palin, Jeffrey Tambor, Simon Russell beale e por aí vai – que narra em tom de sátira a polvorosa do alto comitê do Partido Comunista com a morte de seu líder máximo, e maximamente temido.


A Noite Devorou o Mundo (La Nuit a Dévoré le Monde)

Onde: NOW

Sam dormiu durante uma festa no apartamento da ex-namorada e acordou numa Paris já quase deserta, em que os poucos sobreviventes tentam não virar comida de zumbi. Neste filme de apocalipse muito diferente, porém, o verdadeiro terror é a solidão – e o quanto o protagonista, interpretado pelo excelente Anders Danielsen Lie (de 22 de Julho) se dá bem com ela.


A Noite do Jogo (Game Night)

Onde: Looke, NOW

Jason Bateman e Rachel McAdams são viciados em rodadas de charadas com os amigos. Certa noite, porém, a coisa foge ao controle: será jogo ou será verdade? Um equilíbrio perfeito de bobagem e inteligência, um elenco afinadíssimo, em que cada ator cede espaço ao talento dos outros atores, e alguns momentos de pastelão magnífico. Só pela cena em que Bateman sangra em cima de um cachorrinho branco como nuvem já valeria a pena.


A Noiva do Deserto (La Novia del Desierto)

Onde: NOW

Há trinta anos a chilena Teresa trabalha como empregada doméstica para a mesma família argentina. Solitária e tímida, ela é obrigada a mudar para uma cidade distante. O ônibus quebra, e ela se vê extraviada num lugarejo em que um camelô cheio de lábia, o Gringo, se encanta com ela. Um belo exemplar do “cinema mínimo” sul-americano, valorizado pelo desempenho excepcional de Paulina García e por sua química com Claudio Rissi.


Oh Lucy!

Onde: NOW

Subalterna num escritório de Tóquio, azeda e dada a uma franqueza mesquinha, Setsuko acaba de vislumbrar uma saída para sua vida vazia: o professor de inglês interpretado por Josh Hartnett, que a ilumina com cada um de seus sorrisos calorosos e abraços inesperados. Quando ele vai embora, Setsuko nem pensa: vai atrás. Hartnett, a atriz Shinobu Terajima e a diretora Atsuko Hirayanagi formam uma trinca sensacional, sintonizada na tarefa de reinventar a comédia da transformação pessoal – e deixar o espectador no melhor humor do mundo.


O Orgulho (Le Brio)

Onde: NOW

No primeiro dia do curso de Direito, a jovem Neïla (a cantora Camélia Jordana) é impiedosamente ridicularizada pelo professor Pierre Mazard (Daniel Auteuil) por sua origem árabe. Mazard, portanto, é um racista, certo? É o que pensam os alunos – e os reitores que o acusam de falhas de conduta. Neïla, porém, tem a chance de descobrir que nem tudo é o que parece ao ser treinada por Mazard para um concurso de retórica. Esta fábula sobre a cultura da vitimização caminha sobre gelo fino – mas vai amparada no brilho de Auteuil.


Paddington 2

Onde: Looke, NOW

Paddington, o ursinho adotado pela família londrina Brown, aprendeu com sua tia Lucy que tudo tem conserto quando se é generoso e educado. Sábia titia: preso sob acusação de roubar um livro valioso, Paddington ganha a amizade de todos os detentos. Até do truculento cozinheiro, que o ajuda enquanto o casal Brown tenta provar sua inocência. Uma doçura que bate até o bom filme original.


Pantera Negra (Black Panther)

Onde: Telecine

Foi preciso juntar todos os Vingadores em Guerra Infinita para bater, na bilheteria, o poder do primeiro super-herói negro a ganhar um filme classe A só seu. Em repercussão, foi o acontecimento do ano. Em ousadia criativa, também. Ponto para o diretor Ryan Coogler, que estourou com Creed e investiu todo seu cacife no reino de Wakanda.


O Passageiro (The Commuter)

Onde: Looke, NOW

Aos 66 anos, Liam Neeson é o mais velho astro de ação de todos os tempos – e um dos mais eficientes também, especialmente nas suas parcerias com o diretor catalão Jaume Collet-Serra. Esta é a quarta, depois de Desconhecido, Sem Escalas e Noite Sem Fim. Que venham muitas mais.


The Post: A Guerra Secreta (The Post)

Onde: Looke, Telecine

Meryl Streep e Tom Hanks vivem a dona e o diretor de redação do jornal The Washington Post, que enfrentaram a ferocidade da máquina do presidente Nixon para publicar um furo arrasador: desde o início, o governo americano sabia que só se perderiam vidas e não se ganharia nada com a Guerra do Vietnã. Steven Spielberg dá seu voto à imprensa livre.


Projeto Flórida (The Florida Project)

Onde: Amazon

Em um motel mambembe próximo à Disney, na Flórida, a garotinha de inteligência e energia irreprimíveis vivida pela extraordinária Brooklynn Kimberly Prince – com 6 anos durante as filmagens – apronta sem parar e sem que a mãe, pouco mais que uma adolescente, se incomode. Só o zelador do motel, lindamente interpretado por Willem Dafoe, tenta ficar de olho na criançada. Um filme especial, todo cor, movimento e aventura infantil.


Roma

Onde: Netflix

Em um preto e branco que até atordoa de tão bonito, o diretor Alfonso Cuarón, de Gravidade, combina memória e experiência na reconstrução de um ano, entre 1970 e 1971, crucial na sua infância, nos eventos do seu México natal e na vida de Cleo (a impressionante Yalitza Aparicio), empregada da família. Alguns acham que nada acontece nas duas horas e meia de filme; eu acho que a vida toda acontece.


Rota Selvagem (Lean on Pete)

Onde: Amazon, NOW

O fabuloso Charlie Plummer (para mim, a revelação do ano) é o adolescente de bom coração, bom caráter e má sorte que, no interior americano, se apega a um cavalo de futuro tão incerto quanto o seu próprio. Um filme sóbrio e discreto, sem sentimentalismos excessivos, mas de partir o coração – cortesia do diretor inglês Andrew Haigh, o mesmo de 45 Anos.


O Sacrifício do Cervo Sagrado (The Killing of a Sacred Deer)

Onde: NOW

Mais um filme peculiaríssimo do grego Yorgos Lanthimos, que este ano foi sensação nos festivais com A Favorita (que só deve estrear aqui em 24 de janeiro). Aqui, Colin Farrell é Steven, um cardiologista que alguns anos antes perdeu um paciente numa cirurgia. Desde então, aproximou-se do filho dele (Barry Keoghan), um rapaz que agora parece ser o responsável pela paralisia que acomete primeiro o filho pequeno do médico e depois sua filha adolescente. A mulher do cirurgião (Nicole Kidman) será a próxima, diz o rapaz, que exige a morte de um deles como condição para salvar os outros.


Sem Amor (Loveless)

Onde: Looke, NOW

O casal está se divorciando e briga por causa de Alyosha, o filho de 12 anos: nenhum dos dois quer ficar com ele. Alyosha ouve a briga, com o rosto contorcido de dor. De manhã, some. Os pais demoram dias para notar sua ausência. Ele terá fugido? Algo terá acontecido com ele? Não que alguém se importe muito: o russo Andrey Zvyagintsev, um diretor de talento descomunal, pinta um retrato crudelíssimo do estado de indiferença e deterioração das relações que vigora em seu país.


7 Dias em Entebbe (Entebbe)

Onde: Amazon, NOW

Em 27 de junho de 1976, um voo que ia de Tel Aviv para Paris foi sequestrado e todos os passageiros judeus, feitos reféns. O diretor José Padilha recria a tensão entre os sequestradores palestinos e alemães, e também as disputas de doutrina (negociar às vezes ou não negociar jamais) dentro do governo israelense. Passados mais de 40 anos do fato, ainda é uma anatomia vívida da eterna crise no Oriente Médio.


Sicario: Dia do Soldado (Sicario: Day of the Soldado)

Onde: Looke, NOW

Josh Brolin fomenta uma guerra entre os cartéis mexicanos para facilitar as coisas para o Departamento de Justiça americano – e as primeiras vítimas são justamente seu matador e colaborador, Benicio Del Toro, e a menina vivida pela impressionante Isabela Moner, filha de um graúdo do narcotráfico. Aí está o aspecto mais trágico desta continuação: alguma inocência sempre é apanhada no meio da guerra às drogas – e sempre é impossível protegê-la.


The Square

Onde: NOW

Depois de Força Maior, combustível para intermináveis discussões, o diretor sueco Ruben Östlund voltou com esta nova provocação, sobre o curador de um museu de Estocolmo que, tentando recuperar a carteira roubada num golpe, cria uma armadilha moral em que vários perosnagens serão pegos de roldão. A começar por ele próprio, obrigado a constatar que não é a pessoa que imaginva ser. Mas quem é?


O Terceiro Assassinato (Sandome no Satsujin)

Onde: NOW

Um homem golpeia outro por trás, matando-o, e então ateia fogo ao corpo. Mas terá sido assim mesmo? O réu é assassino confesso – e não pela primeira vez. Antes, livrara-se da pena de morte por caridade do juiz. E agora é o filho desse mesmo juiz o advogado que vai liderar a defesa. Ocorre que o assassino a toda hora muda seu depoimento, acrescentando ou subtraindo dele detalhes cruciais. Quanto mais o advogado investiga, mais o diretor Hirokazu Koreeda toca o espectador com a maneira como vê a rede de laços feitos e desfeitos que compõe a vida.


Todo o Dinheiro do Mundo (All the Money in the World)

Onde: Amazon, NOW

Em 1973, o neto de 16 anos de J. Paul Getty, então dono da maior fortuna pessoal do planeta, foi sequestrado. Getty se recusou a pagar o resgate – apesar de o menino estar sumido há meses, e de os bandidos lhe terem mandado sua orelha cortada como prova de suas piores intenções. Christopher Plummer arrasa no papel do qual o diretor Ridley Scott deletou Kevin Spacey.


Trama Fantasma (Phantom Thread)

Onde: Looke, NOW

Daniel Day-Lewis e o diretor Paul Thomas Anderson, a dupla virtuosística de Sangue Negro, renova a parceria neste filme desconcertante – e extraordinário – sobre um mestre da alta-costura da Londres dos anos 50 que troca com frequência de musas, até que uma das jovens destacadas para a função se recusa a ser descartada e tentar ganhar o controle sobre a vida de seu patrão/amante. Uma reflexão perturbadora sobre a natureza da criação.


Três Anúncios para um Crime (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri)

Onde: Telecine

Frances McDormand deixa tudo no papel da mãe que há um ano espera que a polícia de sua cidadezinha tome alguma atitude a respeito do estupro e assassinato de sua filha. Transtornada, ela provoca uma explosão de ânimos e ódios. Se possível, Sam Rockwell e Woody Harrelson impressionam ainda mais do que Frances.


Troca de Rainhas (L’Échange des Princesses)

Onde: Looke, NOW

É 1722 e o rei Louis 15 da França está prestes a completar 13 anos e, assim, atingir a maioridade. O regente, o duque de Orléans, concebe um plano para reforçar a sucessão pacífica: Louis deverá se casar com a princesa de Espanha – que tem 4 anos. Em troca, sua própria filha se casará com o irmão da rainha-criança e herdeiro do trono espanhol. A menininha aceita a união com surpreendente compostura; a adolescente esperneia e se rebela. Um comentário intrigante sobre o fardo de uma coroa.


Tully

Onde: Amazon, NOW

Só a resignação de Marlo (Charlize Theron, num desempenho belíssimo) é maior do que a sua exaustão: muito grávida do terceiro filho, ela não lembra o que é dormir uma noite inteira – há anos não o faz – nem o que é ter um segundo que seja só para si. O bebê nasce, a jovem babá Tully vem ajudá-la durante as noites, e Marlo desabrocha. Mas… Dirigindo com amor, Jason Reitman tem uma coisinha ou outra a dizer para quem acha que é fácil equilibrar emprego, marido, filhos, casa etc. etc.


Viva! A Vida É uma Festa (Coco)

Onde: Netflix

Na família do pequeno Miguel, a música é proibida: por ela, seu bisavô abandonou sua bisavó, deixando-a sozinha com a filha pequena. Mas Miguel ama tocar e cantar – e o roubo de um violão, em pleno Dia dos Mortos mexicano, o leva a uma aventura entre todos os que já se foram. O problema é, como voltar dela? Uma das animações mais comoventes e imaginativas da história da Pixar.


Você Nunca Esteve Realmente Aqui (You Were Never Really Here)

Onde: Looke, NOW

Perdi por pouco a chance de colocar A Pé Ele Não Vai Longe entre os melhores do ano, mas tento fazer justiça a Joaquin Phoenix com este filme em que ele é um veterano de guerra traumatizado que vive de localizar meninas raptadas por redes de exploração sexual. O novo trabalho que lhe passam, porém, é demais até para a cabeça muito louca dele. O filme é estranho e causa imenso mal-estar. Mas é esse o ponto, claro – e Phoenix está brilhante.


Western

Onde: NOW

Numa região isolada da Bulgária, um grupo de operários alemães trabalha numa obra. Sem falar a língua e frustrados com a falta de água e de material, mas também sentindo-se livres da amarras habituais, eles ora confrontam os moradores da única aldeia próxima, ora tentam cair nas graças deles. Num daqueles enredos em que pouco acontece, mas tudo pode acontecer, a diretora alemã Valeska Grisebach retoma um mote do faroeste – o do forasteiro que chega à cidadezinha – para inverter os sinais do sentimento anti-imigração: os alemães, aqui, é que são o corpo estranho numa cultura cujas regras não compreendem e não conseguem seguir a contento.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s