Clique e assine a partir de 8,90/mês
Holofote Por Silvio Navarro Os personagens que estão no centro do poder. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O mensaleiro Pizzolato comemora

Ex-diretor do Banco do Brasil vai deixar a Papuda, abateu pena e ganhou o direito de trabalhar

Por Silvio Navarro - 14 jul 2017, 06h00

Pior dia na história p0lítica do ex-presidente Lula, o 12 de julho de 2017 foi de festa para um antigo amigo do petista, o mensaleiro Henrique Pizzolato. De uma só vez, a Justiça do Distrito Federal concedeu três benesses ao ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, personagem de uma fuga espetacular para a Itália tentando escapar da pena de 12 anos e 7 meses de prisão. Pizzolato vai poder trabalhar fora da prisão, condição para passar ao regime semiaberto, deixar a Papuda em saídas temporárias e ainda abateu alguns dias do tempo de cadeia a que foi condenado por por corrupção, peculato e lavagem de dinheiro. (por Felipe Frazão)

Publicidade