Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Holofote Por Silvio Navarro Os personagens que estão no centro do poder. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro Leonardo Picciani fica?

Leonardo Picciani foi acusado por marqueteiro e teve o pai preso pela Polícia Federal

Por Silvio Navarro Atualizado em 16 nov 2017, 15h51 - Publicado em 16 nov 2017, 15h38

Cresceu a adesão na cúpula do governo e do próprio PMDB para que o titular da pasta do Esporte, Leonardo Picciani, seja incluído na futura reformulação ministerial. Picciani foi acusado pelo marqueteiro Renato Pereira de ter direcionado uma licitação da pasta em troca de uma porcentagem do contrato. Além disso, o pai e o irmão do ministro foram presos pela Polícia Federal por denúncias de corrupção. A saída seria uma forma de evitar um possível desgaste de ter de demitir mais um integrante do alto escalão no futuro. Mais: como tem mandato de deputado, Picciani não teria problemas com o foro privilegiado caso deixe o posto e ainda poderia voltar à Câmara com o honroso discurso de que vai reforçar a articulação política para aprovar medidas espinhosas.

  •  

    Publicidade