Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Software do governo contra crimes de ódio na internet é arma de propaganda e censura. Imprensa vai ajudar?

Veja este subtítulo de um blog do Estadão:

Captura de Tela 2014-12-17 às 00.35.19

O anúncio do software do governo que supostamente vai mapear a ocorrência de crimes de ódio na internet já sai na imprensa com uma propaganda governista em destaque, em favor da ofensora inicial Maria do Rosário (PT-RS) e obviamente contra Jair Bolsonaro (PP-RJ), que reagiu a ela. (Veja post anterior.)

De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), um rapaz postou foto em uma rede social “ameaçando a deputada Maria do Rosário de estupro”. Que rapaz? Qual é o nome dele? Foto de quê? Em qual rede? Cadê o print? Não tem!

ideli590

‘Já está na hora de tirar esses crimes da rede’, diz Ideli Salvatti. Ela vai começar pelos MAVs do PT? (FOTO: Estadão)

Ou seja: basta a ministra da SDH, Ideli Salvatti, vitimizar uma petista com um suposto crime associado à fala de um adversário político que os jornalistas da Agência Brasil aceitam o exemplo sem cobrar as devidas provas. Ideli saiu do Ministério da Pesca para pescar adversários do PT navegando nas redes. A imprensa inteira vai cair no jogo?

“Mais dois casos”, segundo a matéria, “tratam de um site nazista e outro que prega a violência contra mulheres.” Nazista é como os militantes virtuais do PT (os “MAVs”) chamam os críticos do partido. Violência contra mulheres foi um dos alvos da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. Tudo isso é propaganda para mostrar como o governo é bonzinho (e só quer controlar a internet para o nosso bem, é claro).

Ou você acha que a SDH citaria crimes de ódio contra Jair Bolsonaro, Aécio Neves, Olavo de Carvalho (que Jandira Feghali chamou de “fascista”) e colunistas da VEJA? Na dúvida, ofereço para análise alguns prints dos xingamentos e ameaças que recebo diariamente.

Ideli ainda vai “documentar, avaliar os três casos” e “dar os encaminhamentos cabíveis, no sentido de tirar do ar, encaminhar para inquérito da Polícia Federal ou para providências do Ministério Público Federal” – não duvido que sem exibi-los à imprensa -, mas eu mostro os meus:

Captura de Tela 2014-12-17 às 01.14.47

Captura de Tela 2014-12-17 às 01.15.01

Captura de Tela 2014-12-17 às 01.18.14

Captura de Tela 2014-12-17 às 02.06.19

Captura de Tela 2014-12-17 às 02.07.05

Captura de Tela 2014-12-17 às 02.07.32

Ameaça print Twitter

Ameaça print Face

Ameaça print Face se mata

Ameaça print Facebook palavrão

Pois é. Chega de ódio. Vou aguardar sentadinho Ideli encaminhar esses meus casos à Polícia Federal, quem sabe junto aos e-mails que avisavam Dilma e Graça Foster do Petrolão.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Joel

    Se o que o Jair Bolsonaro falou é discurso de ódio, imagina estes que vc recebeu O.O
    Parabens Felipe, ótimo blog. Passei a admirá-lo.

    Curtir