Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Olavo de Carvalho alertou a Odebrecht sobre o PT nos anos 1990

O filósofo Olavo de Carvalho, autor do best seller organizado por mim, O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota, comentou no Facebook as prisões de Marcelo Odebrecht e de outros executivos da Odebrecht, relembrando o alerta que fez aos diretores da empreiteira duas décadas atrás. “Nos anos 90, contratado pela Odebrecht para […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h07 - Publicado em 20 jun 2015, 03h51

Olavo-Tem-Razão-originalO filósofo Olavo de Carvalho, autor do best seller organizado por mim, O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota, comentou no Facebook as prisões de Marcelo Odebrecht e de outros executivos da Odebrecht, relembrando o alerta que fez aos diretores da empreiteira duas décadas atrás.

“Nos anos 90, contratado pela Odebrecht para escrever um relatório sobre as CPIs onde o PT cortava as cabeças de todos os seus adversários e brilhava como ‘partido da moralidade’, aconselhei aos diretores da empresa que combatessem de maneira frontal e corajosa aqueles que a difamavam.

Amedrontados e frouxos, preferiram o caminho da acomodação e da cumplicidade, afagando seus detratores com mimos bilionários e até partilhando os lucros da safadeza. Agora estão presos, e o merecem.”

Sim. #OlavoTemRazão.

“Em todo caso, não fui a primeira testemunha nem a mais ilustre a comprovar por experiência própria a pusilanimidade corrupta e corruptora de grandes empresários nacionais. Nos anos 30, o próprio Getúlio Vargas saiu de uma reunião com essa gente bufando:

– Burgueses burros! A gente quer salvá-los e eles não entendem.”

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade