Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O cinismo do capeta

1.
 
Todo político parceiro de bandido diz que tem uma história de luta.
 
2.
 
No Brasil, quem fala em “verdadeiros criminosos” normalmente está tentando aliviar, diluir ou imputar a outros a culpa de algum.
 
3.
 
A esquerda trata terrorista como manifestante e, quando aparece o efeito mais do que previsto do terror, acusa a direita, a “classe média”, a polícia e os “governantes” de não distingui-los, até o ponto de um militante afirmar que, para esses, “os manifestantes (todos) viraram assassinos”. O nível de cinismo necessário para dizer isso é de fazer inveja a qualquer psicopata. Compactuar com crimes é só consequência. Essa gente compactua é com o capeta.
 
4.
 
O que denunciei aqui, aqui e aqui virou matéria no Globo Online: Membro da executiva do PSOL propõe diálogo com a tática dos Black Blocs em texto, completo eu a manchete, retirado do site do partido um dia após a morte do cinegrafista da Band Santiago Andrade.
 
Comento a explicação psolista trazida pela matéria:
 
(…) Procurado, o presidente nacional do PSOL, Luíz Araújo, afirma que o texto foi retirado do ar porque estava sendo mal interpretado.
 
Mal interpretado uma ova! O texto era claríssimo em sua pregação do diálogo e da convivência do PSOL (o Partido Submisso às Orientações de Lenin) com os Black Blocs como estratégia política. Por isso mesmo, foi retirado do ar. Estava sendo “interpretado” por aquilo que era.
 
Segundo ele, o artigo reflete a opinião pessoal de Edilson Silva, não a posição oficial do partido.
 
A menos que “posição oficial do partido” seja o que Luíz Araújo, Chico Alencar e companhia alegam a posteriori, a “posição oficial” do PSOL era ainda pior que aquela pregada por Edilson Silva. Ela incluía a aliança com os Black Blocs na greve dos professores do Rio, além da convivência respeitosa com sua tática sem o menor sinal de condenação explícita, conforme o próprio militante do partido Cid Benjamin confessou em seu Facebook. Marcelo Freixo chegara até a declarar: “Eu não sou juiz para ficar avaliando os métodos em si.”
 
– A gente achou que não tinha sentido ficar alimentado esse tipo de uso. Não é uma posição oficial, a gente tirou para evitar essas interpretações.
 
Enquanto a ideia do diálogo com os Black Blocs servia ao partido, o texto ficou no ar. Depois que pegou mal, o texto foi retirado. É só isto. O resto é puro vitimismo cínico.
 
Há uma campanha muito grande para dizer que a gente está financiando esse movimento.
 
Não há “campanha” coisa nenhuma. Há provas de que os vereadores Renato Cinco e Jefferson Moura, ambos do PSOL, financiaram um ato realizado por esse “movimento” no dia 24 de dezembro, batizado “Mais amor, menos capital”.
 
Nós discordamos dessa prática, somos um partido que acredita nas manifestações sociais e achamos que esses atos afastam as pessoas das manifestações – afirmou Araújo.
 
“Acham” isso, publicamente, agora que os terroristas explodiram a cabeça de um inocente pai de família, em pleno exercício de sua profissão. Mas assim como o presidente do PSTU do Rio de Janeiro, Ciro Garcia, que afirmou que o partido se opõe à “metodologia” Black Bloc “por acreditarmos que ela serve à própria burguesia, que não quer as pessoas nas ruas”, Luiz Araújo parece preocupado em condenar essa “prática” porque ela afasta as pessoas das manifestações, não porque ela resulta eventualmente em miolos espalhados pela calçada.
 
Psolista é assim: quando se explica, só faz manifestar mais uma vez a sua moral “Black Bloc”.
 
5.
 
Os editores responsáveis pela enquete da Carta Capital são como aquelas crianças que, quando estão perdendo o jogo, no mínimo furam a bola.
 
Toda a esquerda é assim.
 
CartaCapital enquete
6.
 
Em breve nos cinemas:
 
PSOL e Carta Capital: Brilho eterno de dois sites sem lembranças.
Brilho eterno
Felipe Moura Brasil – http://www.veja.com/felipemourabrasil
 
Siga no Facebook e no Twitter.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Claudio

    Felipe Moura Brasil,lembra quando o senhor Helio Beltrao sobre video do Olavo sobre os protestos de junho?Chamou de teoria da conspiracao,bem….agora ele ta no facebook dele falando sobre a venezuela,e seus amigos estao compartilhando a hastag eunaoqueroseroproximo.Seria legal voce falar nisso

    Curtir

  2. Comentado por:

    Claudino

    É tempo de refletir com profundidade nosso tempo, de ir mais fundo nas suas origens, de enxergar nos desvãos do permanente movimentismo das nossas esquerdas o fascismo novamente a nos espreitar. Está passando da hora de desmascará-los por trás de suas feições gentis da “boa e antenada gente progressista” que ama o meio ambiente, odeia o capitalismo, quer controlar através do Estado tudo o que fazemos e comemos, os hábitos que temos, o modo como falamos e pensamos, o que podemos ler na imprensa e o que podemos ver na TV. Essa praga começa a se consolidar na” Era Progressista” americana, que vai de 1901 com a primeira eleição de Theodore Roosevelt a 1921, ultimo ano do mandato de Tomaz Woodrow Wilson, e já é consenso que o governo desse último foi o primeiro governo fascista da história, seguido depois por Mussolini na Itália, por Hitler na Alemanha e, novamente, por Franklin Delano Roosevelt nos Estados Unidos.
    Sim, senhores progressistas, sua origem é a mesma do Partido Democrata americano e ser progressista é encampar uma religião de Estado nos moldes da teoria do próprio Wilson, que por sua vez é também o “tudo no Estado, nada contra o estado, nada fora do Estado…” de Mussolini, que em pouco difere dos ideais de Hitler, que tinha verdadeira tara por alimentos saudáveis, odiava os fumantes e, embora assasse seres humanos como quem diz “bom dia!”, era um ambientalista de primeira hora. Sim todos eles têm origens nas esquerdas e todos eles são fascismos, assim como fascistas têm sido as práticas dos movimentos de rua e as campanhas sórdidas nas redes sociais da internet levadas a cabo pelas esquerdas em defesa de suas idéias coletivistas e dos sórdidos “donos do poder” no Brasil de hoje a quem idolatram. Eles podem até discordar do que vai acima, mas apenas por conveniente ignorância.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Ademir

    Felipe, pelo jeito na carta capital agora só terão comentários favoráveis as sandices que eles propagam…
    Acabei de tentar postar um comentário, mas fui informado: “Não foi possível enviar seu comentário pois você foi bloqueado por cartacapital. Saiba mais.”
    hahahaha, liberdade de expressão passa longe dos comunistas….

    Curtir

  4. Comentado por:

    Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo, 17 de fevereiro de 2.014
    Prezado Felipe,
    Divertido o comentário sobre a “Das kapital”. Quer dizer que a revista do Mino Carta está sofrendo ataques da direita conservadora??? Aonde estão os milicianos, esquerdopatas que compram essa porcaria??? Alguém precisa avisar a caterva que oitenta porcento da população brasileira é conservadora. E não perde tempo com esse lixo que é a “Das kapital”.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Fernando

    Felipe, já viu a mais nova demonstração de que o Psol é a favor da liberdade?
    .
    http://psol50.org.br/site/paginas/42/psol-com-chavez-e-maduro
    .
    É melhor você salvar.Vai que eles tiram porque alguém “interpretou” errado.
    Felipe Moura Brasil responde:
    Já tinha visto, obrigado. E ela já está no meu post: “O PSOL de Freixo tem ligação com a Venezuela de Maduro“.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Bruno Sampaio

    Gostei do PSOL – Partido Submisso às Orientações de Lenin! Vou usar, sorry!
    Esse povo não tem jeito mesmo, são deformados mentalmente, racionalidade é um atributo que desconhecem completamente. Reparou na quantidade de “mente”? (no caso, do verbo mesmo)

    Curtir

  7. Comentado por:

    Ernane Garcia

    PT, PSOL e demais legendas vermelhas almejam a tirania bolivariana integral ao Brasil. É fato, e as provas desse conluio acordado no Foro de São Paulo só a um idiota podem deixar dúvidas. O verme marxista sobreviveu, e está mais forte do que nunca a devorar nossas entranhas.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Danilo Henrique

    Não tinha visto a mensagem de arrego da Carta Capital
    Fico muito feliz pois frequentemente comentava os posts toscos desta revista usando o mínimo que se aprende, com boas intenções, em um curso de filosofia sério (sem doutrinação ideológica)
    Quer dizer que a retórica petista não guentou 5 minutos de porrada comigo…
    …um mísero aluno do 2º de filosofia
    Isso me incentiva a ir além
    Podem bloquear comentários, mas não podem bloquear blogs, mensagens nas ruas, textos e pdfs…
    Chega de foice e martelo. Precisamos de liberdade e consciência

    Curtir