Clique e assine a partir de 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Governo Dilma acabou. Até o PT vota contra

A coluna Painel, da Folha, informa: “A declaração de Michel Temer de que o país precisa de ‘alguém que tenha capacidade de reunificar todos’ animou a oposição e a ala do PMDB que prega o rompimento com Dilma Rousseff. O grupo trata a declaração como o primeiro sinal público de que o vice se convenceu […]

Por Felipe Moura Brasil - Atualizado em 31 jul 2020, 00h46 - Publicado em 6 ago 2015, 04h19

dilma_temerA coluna Painel, da Folha, informa:

“A declaração de Michel Temer de que o país precisa de ‘alguém que tenha capacidade de reunificar todos’ animou a oposição e a ala do PMDB que prega o rompimento com Dilma Rousseff. O grupo trata a declaração como o primeiro sinal público de que o vice se convenceu de que o país não sairá da crise sob o comando de Dilma. Aliados do vice reconhecem que a fala dá margem a essa interpretação, mas sustentam que ele quis exortar o Congresso a se unir em prol do país.”

O Congresso já demonstrou estar unido é contra o governo.

Primeiro, PTB e PDT romperam com a aliança governista, tirando 44 deputados do Titanic Dilma.

Continua após a publicidade

Depois, a Câmara dos Deputados aprovou o primeiro item da chamada pauta-bomba: o projeto que aumenta o salário de advogados-gerais da União, delegados e procuradores, rejeitado pelo Planalto por trazer um impacto de 2,4 bilhões de reais por ano.

Até o PT, pressionado, acabou votando a favor da elevação salarial no momento mais pitoresco da noite: Sibá Machado, sempre ele, anunciou o voto ‘Sim’ do suposto partido, arrancando risadas do presidente da Casa, Eduardo Cunha.

O texto foi aprovado por 445 votos favoráveis a 16 contrários.

Para o impeachment, bastam 342.

Continua após a publicidade

Tic-tac, tic-tac…

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade