Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobrou para Galeguinho

PUBLICADO EM 20 DE JANEIRO “Ele é meu assessor há 13 anos, estava fora da empresa, realizou comigo um bom trabalho, mas ele mesmo percebeu que estava gerando distorções políticas e saiu”. Henrique Alves, deputado federal (PMDB-RN), explicando a 22 colegas num jantar convocado pela dupla Sérgio Cabral e Eduardo Paes que a empresa Bonacci, […]

tarja-an-o-ano-em-frases-2013

PUBLICADO EM 20 DE JANEIRO

“Ele é meu assessor há 13 anos, estava fora da empresa, realizou comigo um bom trabalho, mas ele mesmo percebeu que estava gerando distorções políticas e saiu”.

Henrique Alves, deputado federal (PMDB-RN), explicando a 22 colegas num jantar convocado pela dupla Sérgio Cabral e Eduardo Paes que a empresa Bonacci, beneficiada por repasses orçamentários pelo candidato a presidente da Câmara, não era dirigida por seu assessor Aluizio Dutra, mas pelo bode Galeguinho, único funcionário encontrado no terreno que servia de sede para a firma fantasma.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    alberto santo andre

    sera que o excesso de propaganda governista do pt, esta fazendo com que haja uma diminuicao substancial dos neuronios da grande maioria dos brasileiros ,e que ja eram escassos.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Mauro Pereira

    Caro Augusto Nunes, boa noite.
    Caro amigo, o neurocirurgião Adão Crespo Gonçalves é o Bode Galeguinho que a imprensa cumpanhera escolheu para expiar a incompetência da dupla Cabral e Paes e disfarçar o caos da saúde no RJ.
    A vida do profissional foi devassada e descobriu-se que ele recebia sem trabalhar. Imediatamente um promotor de justiça se apresentou para denunciá-lo. Nenhum outro demonstrou interesse em adotar o mesmo procedimento com as autoridades municipais e estaduais. Afinal, pra quê? Já se sabia que a menina baleada que ficou 8 horas sem atendimento médico morreu por culpa do Galeguinho da saúde carioca.
    Às vezes bate uma saudade danada do tempo em que tínhamos uma imprensa livre e independente.

    Curtir

  3. Comentado por:

    catson aruak

    Antigamente os políticos ficavam com um pouquinho de pudor quando eram pegos com a mão na massa, mas aí veio llulla para consertar esse país cheio de picaretas no congresso e hoje a sem-vergonhice está no ponto máximo possível.
    Também, como pode o maior vigarista vivo do brasil consertar a vigarice dos trezentos picaretas sem colocar os seus amigos vigaristas na boléia?
    E por falar em sacanagem, alguém escutou se letícia pelo menos piou?

    Curtir

  4. Comentado por:

    toninho malvadeza

    O Ministro Barbosa deve estar louco pra por as mãos no Henrique Alves e em seus CÚMPLICES.Eles não perdem por esperar.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Santeófilo

    Até quando o Augusto permitir eu vou continuar obrando meus comentários. Gosto do mestre, dos amigos comentaristas… Mas querem saber? Há muito entreguei os pontos. É verdade. Não encontro mais saída, entende? Pior: não acredito mais nesse País como Nação. E a razão é simples: quando uma população chega ao nível moral em que a nossa chegou, a única coisa que nós, pessoas decentes, podemos fazer é rezar por um milagre. Infelizmente, no entanto, a historia tem nos mostrado que para esse tipo de degradação Deus sempre virou as costas.
    Perdoem-me o que vou dizer, mas não seria preferível uma rápida destruição total e começarmos tudo novamente do zero? Porque necessariamente sempre temos que passar por um longo período de dor e tormentos, já tão conhecidos? Vide cuba, por exemplo. Muitos daqueles cubanos merecem por tudo que estão passando ou já passaram. Mas e os outros? Os que não caíram no canto da sereia?
    Ah, ia esquecendo: exceto os quatro anos do primeiro mandato do FHC, o que podemos denominar de bom que aconteceu conosco? 25 anos de ditadura e em seguida, quando finalmente imaginávamos que iríamos viver numa democracia, acontece uma desgraceira dessas. E tudo numa sequencia que nem o capeta, num dos seus melhores momentos, seria capaz de conceber. Sarney, Collor, Itamar, FHC, (segundo mandato) Lula e Dilma…

    Curtir

  6. Comentado por:

    Nagib

    O Brasil, um grande Circo.

    Curtir

  7. Comentado por:

    satyrojr

    Não é prateado, mas dourado, reluzente!!!

    Curtir

  8. Comentado por:

    satyrojr

    Felicidades!!!!

    Curtir

  9. Comentado por:

    RONALDE

    “Gerando distorções” em português da Papuda significa mutreta parlamentar.

    Curtir