Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sexo não é tudo

“Gostamos, sim, de sexo, mas não pensamos nisso 24 horas por dia. Nos interessa o futebol mas também o balé, a música, a arte, a poesia. E choramos, sim”. Fausto Rodrigues de Lima, promotor de Justiça no Distrito Federal, em artigo publicado na Folha desta quarta-feira, em que defende a suspensão do comercial da Hope, […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h33 - Publicado em 6 out 2011, 09h03

“Gostamos, sim, de sexo, mas não pensamos nisso 24 horas por dia. Nos interessa o futebol mas também o balé, a música, a arte, a poesia. E choramos, sim”.

Fausto Rodrigues de Lima, promotor de Justiça no Distrito Federal, em artigo publicado na Folha desta quarta-feira, em que defende a suspensão do comercial da Hope, informando que, mesmo que Gisele Bündchen implore por sua atenção, ele não vai abrir mão de ver um jogo do Brasiliense, assistir a um pas-de-deux num canal pago, ouvir um pouco de axé, recitar um verso de J. G. de Araújo Jorge e, antes de ceder às súplicas da top model, cair na choradeira.

Publicidade