Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Bússola infalível

Se Celso Amorim combate o acordo entre o Mercosul e a União Europeia, está provado que o acordo é bom para o Brasil

“O momento é o pior possível em termos da capacidade negociadora do Mercosul, porque os dois principais negociadores, Brasil e Argentina, estão fragilizados política e economicamente. A União Europeia teve pressa porque sabe que estamos em uma situação muito frágil. E quando se está em uma situação frágil, se negocia qualquer coisa. Isso me deixa preocupado. Eu temo que tenham sido feitas concessões excessivas. O diabo mora nos detalhes, e a minha suspeita é que os detalhes não devem ser bons”. (Celso Amorim, em entrevista à BBC Brasil, convencendo os brasileiros decentes de que só pode ser bom para o país um acordo combatido pelo chanceler de Lula que instituiu a política externa da canalhice)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Geraldo Pereira

    Ô véi, você é carta fora do baralho. Seu tempo já passou e você o aproveitou só para fazer m#$%&, bem como sua facção criminosa.

    Curtir

  2. O cara não podia ver o Chavez (o psicopata, não o personagem), que já ficava de quatro, e vem falar em soberania, kkkk

    Curtir

  3. jose monteiro

    Como uma a-n-ta dessas pode ser chanceler?? Bom, a outra a-n-ta maior foi presidenta né.

    Curtir