Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Amante vingativa

Gleisi jura que a quadrilha de que fez parte nunca existiu e insinua que a Petrobras foi saqueada por Sergio Moro

Por Augusto Nunes - 19 nov 2019, 16h10

“Não é de hoje que #MoroMente, enquanto negociava cargo de ministro de Bolsonaro julgava caso do sítio Atibaia e distribuía delação de Palocci para a mídia. Tudo isso às vésperas do 1o turno das eleições. Nem precisa desenhar, o rei está nu”. (Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, conhecida pelo codinome Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht, no Twitter, jurando que a quadrilha de que fez parte nunca existiu)

Publicidade