Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reynaldo-BH: O caso da amante de Lula comprova mais uma traição ao país

REYNALDO ROCHA Sei que os milicianos – e os blogueiros amantes de Lula – farão um estardalhaço com a revelação do óbvio, acusando a todos de invasão de privacidade, invocando o exemplo de Mitterrand e outras fantasias. Não é difícil prever. E certamente vão citar FHC, o eterno fantasma a assombrar os lulopetistas. Desta vez, […]

REYNALDO ROCHA

Sei que os milicianos – e os blogueiros amantes de Lula – farão um estardalhaço com a revelação do óbvio, acusando a todos de invasão de privacidade, invocando o exemplo de Mitterrand e outras fantasias.

Não é difícil prever. E certamente vão citar FHC, o eterno fantasma a assombrar os lulopetistas.

Desta vez, somos nós que queremos uma comparação com FHC.

Ambos tiveram relacionamentos extraconjugais.

De FHC, até com um filho tido fora do casamento.

Reconhecido mesmo após o teste de DNA informar a não paternidade. O vínculo de afeto já havia sido estabelecido e FHC o considerou mais forte do que a evidência científica.

D. Ruth soube. O que conversaram – e como – nunca se soube nem é preciso  saber. Os filhos de FHC e D. Ruth também.

A amante de FHC era jornalista e foi morar no exterior. Lá ainda vive.

Lula tem uma amante. Se este caso fosse somente restrito a este fato, eu estaria ao lado do Luiz Inácio (ou o PR, para os muito íntimos) para defender o direito à privacidade. Seria assunto dele, de D. Mariza e dos filhos de ambos.

A questão central não é esta.

Motel não é palácio. Amante não é ministra. Poder não se adquire entre as pernas.

Que Lula tenha tantas amantes quantas queira ter. O “Filho do Brasil” que viu a mãe sofrer com o aparecimento de uma amante do próprio pai resolveu repetir a história. Cada qual com seu legado. Para o bem ou para o mal. Cada um que homenageie seus antepassados como a ética lhe determine.

Mas, enquanto presidente, exigimos – nós, brasileiros com vergonha na cara! – que o co-presidente Lula se abstenha de conseguir “mulheres” (perdoem-me as aspas, mas não posso classificar a sra. Rose como tal e evito classificá-la de modo correto) a partir do poder que delegamos a ele.

Um homem que se vale de uma posição de mando para obter admiradoras que aceitem trair o próprio companheiro e filhas sabe exatamente o quanto vale.

A Rose amigada de Lula usou a cama como artimanha para conquistas além do quarto.

Humilhou uma primeira-dama, viajando quando esta não estava na comitiva oficial. Na frente de todos e sem o menor pudor. E deixando de viajar quando D. Mariza acompanhava o detentor de todos os predicados morais, como nunca antes neste país.

Corrupção a partir de sexo. Enredo de filme. Pornográfico.

Quanto valeria, neste enredo, uma indicação para uma agência reguladora? E qual seria o preço de uma diretoria no Banco do Brasil?

Este é o tal partido do “não rouba nem deixa roubar?”. Ou não foi roubo? Foi troca…

A mim pouco importa se um homem – qualquer um – tenha que se valer de estar sendo “o cara” para conseguir uma mulher. Óbvio que entre aquelas que se sujeitam a preferir o poder da sedução que nasce somente do poder.

E por se sujeitarem são especialmente desprovidas de quaisquer limites ou valores. Sabem quem são. Não escondem o que são. Ao contrário: gostam de exibir o troféu conquistado entre lençóis. É só este o predicado que possuem. E usam.

E estes homens nunca são. Só estão. Por isso (Freud explica) a dita Rose não se referia a Lula. Era PR.

Desejo a punição pelo tráfico de influência. Pelos crimes de corrupção cometidos. Pelo desrespeito ao país. Pelos presentes recebidos, cargos distribuídos e dinheiro roubado.

Não cabe a ninguém saber das traições de Lula a D. Mariza Letícia. É problema (se for…) de ambos.

Interessa ao Brasil saber de mais uma traição ao país, à cidadania. E a reafirmação da falta de ética e decência com a coisa pública.

Não, não me refiro a Rose. Falo da res pública. Aquilo que pertence a todos nós.

Por fim, para quem teve como melhor amigo José Dirceu, não causa espanto algum ter Rosemary como amante. São do mesmo nível.

Todos eles.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    João Cirino Gomes

    O Brasil vai bem obrigado!
    É realidade, ou lorota?
    Sim; tudo vai às mil maravilhas para os políticos brasileiros; pois eles trabalham três dias por semana, alguns nem isso, mesmo assim, têm salários principescos, podem exercer vários cargos ao mesmo tempo, podem ter varias aposentadorias, com décimo terceiro, décimo quarto e décimo quinto, duas férias por ano; ajuda moradia, verbas para vestimentas, verbas para combustível, cartão corporativo etc… E muitos não satisfeitos, ainda roubam, desviam, superfaturam…
    Em época de campanha eleitoral, vemos bando de bandidos corruptos mostrando erros, corrupções, desvios e ladroagens dos outros da mesma laia, imaginando que desta maneira estão se justificando e, portanto, justiçando seus crimes!
    Mas quando acabam as eleições, se sentam; e começam arquitetar os acordinhos e acordões com distorções nas leis, para distribuição de cargos, alvarás de soltura e vantagens pessoais!
    Enquanto isso, a população continua assistindo a espetacular inversão de valores neste circo chamado Brasil; ou melhor, “paraíso de bananas”, onde os políticos são os verdadeiros donos dos espetáculos!
    E a população passa a conviver e fazer parte da tragédia do desemprego e da mendicância! Mesmo tendo seus direitos desrespeitados; os brasileiros agem como se fossem um rebanho de cordeiros tosquiados!
    Poucos notam que os desempregados estão sendo manipulados e mantidos presos em currais eleitorais, com as verbas que estão sendo surrupiadas dos vencimentos dos aposentados!
    E poucos notam que: O trabalhador continua suando e sangrando, para bancar banquetes e os espetáculos fantasiosos de pelegos, e orgulhosos Mussolini anos!
    No Brasil não temos mais partido de direita, esquerda, ou oposição!
    Temos é uma política descarada, onde se negocia sentenças por cargos, e fazem alianças para se manterem no poder a qualquer custo!
    Falta moradia, faltam verbas para educação, faltam verbas para pagar um salário digno aos professores, aos policiais, aos bombeiros, aos médicos e a todos os funcionários da aérea de saúde!
    O que temos em excesso são pais de famílias desempregados, e aposentados sem dinheiro para comprar remédios, devido à irresponsabilidade, desvios, roubos e superfaturamentos dentro do desgoverno!
    E os corruptos, continuam agindo como se fossem donos dos cofres públicos, passeando a custa do povo; roncando papo pelo mundo afora, doando nossos impostos, e dizendo que esta tudo as mil maravilhas!
    Deveriam mostrar os melhoramentos com fatos, não com promessas fantasiosas e conversa fiada!
    Onde estão os bilhões de empregos prometidos? Onde estão as verbas para dar aumento digno aos policiais, aos bombeiros, aos professores e aos aposentados? Onde estão as verbas para melhorar o sistema de saúde?
    Doou aos amiguinhos é?
    Em um país, onde se superfatura a compra de merenda escolar, a compra de remédios, a compra de ambulância; matam pacientes para dar vaga a outros; onde se superfatura desde a construção do presídio, até a estadia do preso, a injustiça, a falta de moralidade, falta de caráter e vergonha na cara, acaba saltando aos olhos de qualquer leigo!
    Por isso, querem privatizar os presídios: A intenção dos integrantes do verdadeiro crime organizado é clara; a pretensão é simular, estarem solucionando os problemas que eles mesmos criaram com seus desvios e corrupções; obtendo mais lucro com superfaturamento na estadia dos presos, enquanto eles mesmos que são os piores bandidos, continuam soltos e impunes, administrando as cadeias tirando vantagens da prisão suas vitimas!
    Segundo a lei, todo cidadão é inocente até que se prove contrário!
    Mas no Brasil, pobre é culpado até que prove a inocência!
    Quem não percebe que as cadeias estão superlotadas, mas só de pobres?
    Estes se tornaram vitimas do sistema, e agora serão usados para dar lucros fabulosos, aos integrantes do verdadeiro crime organizado, que se institucionalizou dentro do desgoverno!
    E o pior, é que estes mesmos bandidos do colarinho branco constroem presídios superfaturados com nossos impostos, gastam valores equivalentes a diamantes, depois falam em privatizar, já pensando em se apoderar dos prédios vendendo a eles mesmos, a preço de casca de banana!
    Por isso: Não vote em político corrupto, não vote em candidato do partido que têm corruptos, não vote em candidato de partido político que é aliado a outro partido corrupto, não vote em políticos antigos, que em busca vantagens pessoais, vem atropelando os direitos do cidadão!
    Divulgue: O voto não pertence ao candidato, mas ao partido; e serve para eleger até o corrupto do partido da coligação!
    Esta é uma formula, ou seja, maracutaia usada para ludibriar o eleitor; que por falta de informação e orientação, acaba elegendo raposas velhas, e fortalecendo presidentes de partidos, ou seja, os comandantes das quadrilhas de ladrões!
    Estes fatos irrefutáveis, “torna boa porcentagem dos políticos brasileiros” farinha do mesmo saco!
    A coisa esta acontecendo debaixo da nossa cavidade nasal, mas os representantes da lei da justiça e da ordem se fazem de cegos!
    Estou generalizando?
    Se os que se elegeram prometendo lutar por justiça, não fossem coniventes, tomariam providencias cabíveis, jamais estariam envolvidos com desvios e corrupções.
    Quem com os porcos convivem, farelos comem!
    Esta é a realidade!
    Ordens aos humildes, e progresso aos canalhas, hipócritas e demagogos!
    Para denunciar as discrepâncias neste país, será preciso escrever um livro, ou melhor, uma biblioteca!
    Vamos pressionar e divulgar, pois se não renovarmos, nossos descendentes vão amargar duras penas!
    Este tipo de morosidade é uma vergonha!
    Abaixo assinado para o fim da imunidade e foru privilegiado já!
    ttp://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    Ou então nossos descendentes vão amargar duras penas por nossa inocência, displicência e comodismo!

    Curtir

  2. Comentado por:

    valquiria

    É mesmo uma vergonha!!!

    Curtir

  3. Comentado por:

    paulo

    Amigos, que o presidente adjunto do Brasil tenha ou tido as suas amantes é problema dele e de sua consciência. Agora, que a amante tenha obtido favores presidencais, como a ocupação de cargos elevadíssimos. Hospedar-se, tal como uma princesa, nos melhores hotéis da Europa. E, podemos ate especular, embora não tenhamos tido acesso às provas, sobre o uso indiscriminado de cartões corparativos. Tal conduta, se for verdade, refoge ao plano da consciência ou da falta dela, do caráter ou de sua ausência, para atingir o bolso de nós trabalhadores.E é ai que me pergunto, existe controle de gastos com cartões corporativos, de viagens oficiais, hospedagens, diárias, integrantes de comitivas, etc e tal. O belíssimo exemplo veio da dignatária maior, que segundo se publicou, no retorno de Davos a dirigente máximo e sua comitiva TERIA FEITO uma escala em Lisboa, cuja contra debitada aos cofres públicos foi salgada e, de consequência a cada um contribuinte, teria sido Salgada e, sem nenhum resultado prático para o Brasil varonil. O Congresso Nacional tem poder-dever de fiscalizar a execução orçamentária. A Controladoria da União tem o poder-dever de fiscalizar os gastos públicos.(ELE EXERCITA O DEVER CONSTITUCIONAL ?), O comentário em foco perpassa pela responsabilidade do dirigente ante aqueles que neles depositaram a sua confiança e também dos órgãos competentes, sob pena de omissão. No plano mora, traída a tal confiança que nos referimos, o dirigente perde a legitimidade de gerir a coisa pública. Há que se diferenciar entre o que vem a ser “res publica” e “cosa nostra”. Aquele que se vale do cargo público para lograr finsalidades pessoais estará prevaricando e prevaricação é crime. A amante desfrutou do prazer de amar nas alturas em vôos internacionais e, nós pagamos a conta é crime e, o idilio amoroso não é crime, e crime é termos de pagar a conta (diárias, cartões corporativos, etc) e até quando vamos pagar TaL conta?. Por um lado e por outro lado,e presenciarmos pessoas vivendo de sobras de lixo urbano, dormindo sob marquises, passando noites nas filas do SUS, enquanto o PT se expressa em termos de inclusão social. Inclusão social de quem?. Manter no cabresto uma população pobre dependente do bolsa familia para angarior votos é inclusão social ou É usufruir da miséria alheia PARA FINALIDADES ELEITOREIRAS. A amante foi incluída? um jóvem que tratava de animais e, segundo se dizem, tornou-se um minuto para o dia em respeitável empresário e os réus do mensalão?. Estamos, hoje, bancando a conta dos descalabrios que ocupam espaço na imprensa todos os dias, enquanto isto a Pátria amada, salve, salve está caminhando para a bancarrota. Bom será se no futuro a cada brasileiro será dado um cartão do bolsa familia e cada um integrante do partidão e os da base aliada um cartão corporativo com crédito ilimitado. Pelo que vemos hoje, não difícil descrever este amanhã. E, vibramos com o futebol, com o carnaval, com a novela da globo. ISTO É BRASIL.

    Curtir

  4. Comentado por:

    paulon

    Imaginemos. Dilma tem 39 ministros. Se ela tivesse 40 ficaria muito próximo da daquele lendário personagem que tinha 40.Será que é por esta razão que só temos 39? – Para não servir de críticas, comparações indesejáveis e chacotas irreverentes? – E as mil uma noites nas alturas, enredo para o um filme pornô; Encenando o “O PRÍNCIPE MODERNO” e sua amante. Patrocinadores(?) – Povo do Brasil. Esse o drama do cotidiano dos ingênuos que acreditaram no canto de sereia do lulopetismo.

    Curtir

  5. Comentado por:

    alexandre

    o que eu posso dizer além do que já foi dito?

    Curtir