Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O cara

Lula acusa procuradores de serem iguais a ele

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h43 - Publicado em 28 set 2016, 09h47

“Não posso admitir que um menino procurador, que a única coisa que fez na vida foi passar num concurso público, vire e fale ‘eu não tenho provas, mas tenho convicção’. Não venha com convicção. Porque convicção não é prova. Eu acho que tem muita gente honesta no MPF, ou PF, em muito lugar. Mas ninguém é melhor do que eu, no máximo iguais”. (Lula, numa discurseira no palanque de Jandira Feghali, candidata do PCdoB à prefeitura do Rio de Janeiro, ao fingir que escutou a frase que nenhum dos procuradores federais pronunciou, argumentando que ser aprovado num concurso público é infinitamente menos relevante do que ocupar o posto de comandante máximo do esquema corrupto desmantelado pela Lava Jato)

Publicidade