Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Noivo compreensivo

“Não é A nem B nem C nem sou eu quem vai dizer se o partido vai para um lado ou para outro. É a convenção nacional que decide o que deve ser feito. Tem dois terços que pensam em manter o casamento e, portanto, a maioria é pela manutenção da aliança, como eu”. Michel […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h17 - Publicado em 11 mar 2014, 08h48

“Não é A nem B nem C nem sou eu quem vai dizer se o partido vai para um lado ou para outro. É a convenção nacional que decide o que deve ser feito. Tem dois terços que pensam em manter o casamento e, portanto, a maioria é pela manutenção da aliança, como eu”.

Michel Temer, vice-presidente da República, ensinando que um casamento menos lucrativo é melhor que um divórcio sem indenização.

Publicidade