Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mãos sujas

“A Petrobras é a pátria com as mãos sujas de óleo”. Dilma Rousseff, durante o comício em que festejou as riquezas do pré-sal invisíveis a olho nu, festejando a estatal administrada por diretores com as mãos sujas de dinheiro obtido em negociatas bilionárias.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 03h34 - Publicado em 3 jul 2014, 01h37

“A Petrobras é a pátria com as mãos sujas de óleo”.

Dilma Rousseff, durante o comício em que festejou as riquezas do pré-sal invisíveis a olho nu, festejando a estatal administrada por diretores com as mãos sujas de dinheiro obtido em negociatas bilionárias.

Publicidade