Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Homem de palavra

“Não darei palpite no governo do sucessor”. Lula, em fevereiro de 2010. “O que eu posso fazer como companheiro da Dilma? Dar palpite”. Lula, nesta quarta-feira, em conversa com blogueiros estatizados.

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h41 - Publicado em 20 jan 2016, 21h11

“Não darei palpite no governo do sucessor”.

Lula, em fevereiro de 2010.

“O que eu posso fazer como companheiro da Dilma? Dar palpite”.

Lula, nesta quarta-feira, em conversa com blogueiros estatizados.

Publicidade