Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Heloísa Ramos vence o primeiro turno e enfrenta José Serra, Nelson Jobim, Antonio Palocci e Ana de Hollanda na enquete

“Dedico a vitória ao ministro Fernando Haddad, que patrocinou e distribuiu os 485 mil exemplares do meu livro que ensina que falar errado está certo”, emocionou-se Heloísa Ramos ao saber do resultado do primeiro turno da eleição de Homem sem Visão de Maio. Com a voz embargada, Heloísa confirmou que foi convidada por Lula para […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 11h51 - Publicado em 26 Maio 2011, 21h10

“Dedico a vitória ao ministro Fernando Haddad, que patrocinou e distribuiu os 485 mil exemplares do meu livro que ensina que falar errado está certo”, emocionou-se Heloísa Ramos ao saber do resultado do primeiro turno da eleição de Homem sem Visão de Maio. Com a voz embargada, Heloísa confirmou que foi convidada por Lula para um almoço de trabalho. “Ele quer a minha ajuda para escrever um decreto que proíbe todos os plurais e legaliza o uso do menas”, revelou a promissora estreante. “Disse que a Dilma assina sem ler tudo quanto é papel que ele leva”.

Com 22% dos votos válidos, a professora Heloísa derrotou por larga vantagem veteranos campeões como José Sarney e Marta Suplicy, que não conseguiram uma vaga na enquete. Com 15% dos votos, José Serra tornou-se o primeiro candidato do PSDB a chegar ao segundo turno. “Consegui unir o partido e toda a oposição oficial”, festejou o finalista. “O Aécio garantiu que vai transferir para mim todos os votos que teve”. Empatados em terceiro, com 7% dos votos, Nelson Jobim e Antonio Palocci continuam no páreo. Ana de Hollanda, com 5%, emplacou a quinta vaga.

Embora insuficiente para levá-los à enquete, foi considerada muito animadora a votação obtida pelos candidatos Aécio Neves, Guido Mantega, Fernando Haddad, Orlando Silva, Roberto Requião, José Sarney, Antonio Patriota, José Eduardo Cardozo, Sepúlveda Pertence e Gleisi Hoffmann. Foram também lembrados Jaques Wagner, Walmir Jacinto, Pedro Simon, Darci Accorsi, Ayres Britto, Marcos Valério, Marta Suplicy, Alfredo Nascimento, Eduardo Suplicy, Gilberto Carvalho e Roberto Gurgel. A Comissão Organizadora impugnou a candidatura de Tarso Genro, que venceu a disputa de abril, e anulou os votos dados ao Príncipe dos Poetas Onanistas.

Foi uma das brigas mais emocionantes da história do HSV, leitores-eleitores! O primeiro turno de maio conseguiu reunir os piores dos piores! A votação na enquete começou neste momento! Nada está decidido! Não perca a chance de votar sem remorso em gente que ninguém merece! E que vença o pior!

Continua após a publicidade
Publicidade