Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gilberto Carvalho acertou a previsão que fez há exatamente um ano: o bicho que iria pegar em 2013 pegou até o caixa preta do PT

“2013 vem aí e vem muito bravo”, avisou Gilberto Carvalho no meio da mensagem de Natal endereçada aos devotos da seita lulopetista divulgada há exatamente um ano. Depois de desejar “muita paz” aos companheiros, e recomendar-lhes que homenageassem  parentes e amigos com demonstrações de afeto, o seminarista que virou coroinha de missa negra prostrou-se aos […]

“2013 vem aí e vem muito bravo”, avisou Gilberto Carvalho no meio da mensagem de Natal endereçada aos devotos da seita lulopetista divulgada há exatamente um ano. Depois de desejar “muita paz” aos companheiros, e recomendar-lhes que homenageassem  parentes e amigos com demonstrações de afeto, o seminarista que virou coroinha de missa negra prostrou-se aos pés do chefe supremo, canonizou os sacerdotes ameaçados pelo Supremo Tribunal Federal, condenou à danação eterna os hereges que se recusavam a engavetar o caso Rose e encerrou o vídeo divulgado em 15 de dezembro de 2012 com a exortação beligerante: “Vamos descansar bem agora, por que em 2013 o bicho vai pegar”.

Pegou mesmo, e os estragos não pouparam ninguém, informa o balanço do ano que vai terminando. Mas pegou com especial severidade o PT, o governo e o próprio Gilberto Carvalho. Em 2013, com a prisão dos mensaleiros, o partido descobriu que há vagas na cadeia também para delinquentes da primeira classe. Com as manifestações de rua que explodiram em junho, a presidente Dilma Rousseff descobriu a nação dos descontentes que existe fora do Brasil Maravilha registrado em cartório. Seus habitantes exigem um Brasil padrão Fifa e gostam de desmoralizar institutos de pesquisas que inventam campeões de popularidade.

No começo de dezembro, o bicho assumiu o formato de livro e pegou de jeito Gilberto Carvalho. As revelações do delegado Romeu Tuma Junior tornaram ainda mais cabeludas as histórias muito mal contadas que infestam seu prontuário. Embora apareça invariavelmente como coadjuvante, ele se destaca pela aplicação com que interpreta papéis repulsivos. Quando VEJA antecipou o capítulo reservado ao assassinato do prefeito Celso Daniel, o acusado prometeu processar o acusador. O livro já está na segunda edição. A ameaça de revidar na Justiça não foi reeditada, nem será. Quem tem culpa no cartório quer distância de tribunais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    angelo

    Senhores,O Brasil decente tem que ter a coragem de
    fazer uma limpeza na politicagem podre,para que
    possa emergir como nação diante do mundo civilizado.
    É preciso que o livro de Tuma Jr,seja um norte a ser
    seguido para desmoralizar de vez essa quadrilha que
    quer se perpetuar no poder,subvertendo e difamando
    quem encontrar pelo caminho.

    Curtir