Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Doutor em vigarice

“Eu estou cansado de ver o tipo de perseguição e o tipo de criminalização que tentam fazer às esquerdas nesse país. Eu tenho a impressão que, muitas vezes, a gente vê na televisão, parece os nazistas criminalizando os judeus, parece os romanos criminalizando os cristãos, parece os fascistas criminalizando o povo italiano e parece tantas […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 10 fev 2017, 17h33 - Publicado em 30 jul 2015, 21h49

“Eu estou cansado de ver o tipo de perseguição e o tipo de criminalização que tentam fazer às esquerdas nesse país. Eu tenho a impressão que, muitas vezes, a gente vê na televisão, parece os nazistas criminalizando os judeus, parece os romanos criminalizando os cristãos, parece os fascistas criminalizando o povo italiano e parece tantas outras perseguições que a gente já viu. Eu nunca tinha visto pessoas que se dizem democráticas terem tanta dificuldade em aceitar uma derrota em eleição”.

Lula, na sexta-feira, durante a discurseira no Sindicato dos Bancários do ABC, garantindo que a Polícia Federal, o Ministério Público e a Justiça Federal do Paraná se uniram para perseguir por motivos políticos os ladrões, vigaristas e assaltantes de cofres públicos que o declarante escalou para a missão de saquear a Petrobras.

Publicidade