Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cretino fundamental

“Enfim, estamos voltando a ter um Supremo equilibrado, sóbrio, técnico. Os juízes devem falar mais nos autos do que para as câmeras de televisão. Há uma luz próxima do fim do túnel”. André Vargas, vice-presidente da Câmara, sobre a sessão do STF desta quinta-feira,  ensinando que Roberto Barroso é equilibrado, Teori Zavaschié sóbrio, Ricardo Lewandowski […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h21 - Publicado em 28 fev 2014, 07h28

“Enfim, estamos voltando a ter um Supremo equilibrado, sóbrio, técnico. Os juízes devem falar mais nos autos do que para as câmeras de televisão. Há uma luz próxima do fim do túnel”.

André Vargas, vice-presidente da Câmara, sobre a sessão do STF desta quinta-feira,  ensinando que Roberto Barroso é equilibrado, Teori Zavaschié sóbrio, Ricardo Lewandowski é técnico e Dias Toffoli lembra um túnel no fim da luz.

Publicidade