Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Começou a votação na enquete: Eduardo Cunha, Eugênio Aragão, Marcelo Crivella, Marcelo Freixo, Paulo Bernardo e Renan brigam pelo troféu do mês

Confira a ficha resumida dos candidatos e os trunfos eleitorais de cada um

Por Branca Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 21h27 - Publicado em 28 out 2016, 22h49

Atualizado às 22h45

HSV Outubro

Começou a votação na enquete que elegerá o Homem sem Visão de Outubro. Seis feras lutam pelo troféu mensal. Confira a ficha resumida e as bandeiras de campanha de cada candidato:

 

EDUARDO CUNHA

Eduardo-Cunha-5-1948-kPfG-U101319759396w1D-1024x682@GP-Web

Com alguns anos de atraso, Eduardo Cunha foi instalado na gaiola que desafia desde criancinha. Hóspede involuntário da carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente da Câmara parece disposto a mostrar que, atrás das grades, enxerga com bastante nitidez parceiros de falcatruas com os quais conviveu amistosamente enquanto comandou a Casa dos Horrores. Cunha só não consegue ver direito as vigarices que praticou como solista.

 

EUGÊNIO ARAGÃO

00-44

Ex-ministro da Justiça de Dilma Rousseff, Eugênio Aragão foi elevado ao status de PhD em corrupção depois de expor a Teoria da Corrupção do Bem numa entrevista a uma revista filiada ao PT. O especialista em ladroagem garante que o que parece um larápio irrecuperável pode ser, visto de perto, um empreendedor exemplar. E sustenta que a Lava Jato agravou a crise econômica por ter desperdiçado com o desmantelamento da quadrilha do Petrolão uma quantia superior ao montante do roubo.

 

MARCELO CRIVELLA

elmcrwz93b350fa7c6bbnciwl (1)

Continua após a publicidade

Ex-ministro da Pesca de Dilma Rousseff, o candidato a prefeito do Rio de Janeiro parece mais interessado no troféu de outubro do que na campanha eleitoral. Primeiro, ensinou que a homossexualidade está relacionada com o sofrimento do feto no útero. Depois, explicou que as mulheres devem ser submissas aos homens por terem sido criadas de uma costela deles. Por fim, jurou que viu Lula escrevendo cartas à mão.

 

MARCELO FREIXO

marcelo_freixo50divu1

Também candidato a prefeito do Rio, Marcelo Freixo ameaçou acusar a Comissão Organizadora do HSV de “cumplicidade com os interesses das classes dominantes” caso lhe fosse negada a chance de enfrentar o xará também na disputa pelo troféu mensal. Para justificar a entrada na briga de foice, Freixo expôs novamente a tese de que a crise econômica no Brasil não tem nada a ver com a despesa, mas com a receita.

 

PAULO BERNARDO

1057

Ainda sonhando com o título desde que Gleisi Hoffmann foi eleita HSV de Maio, Paulo Bernardo entrou na briga pelo troféu com o objetivo de transformar a dupla no primeiro casal HSV de 2016. Além da acusação de embolsar ilegalmente mais de R$ 1 milhão, o especialista em tungar dinheiro de aposentados endividados fortaleceu a candidatura depois que a mulher mobilizou a polícia legislativa para tentar encontrar no apartamento onde moram escutas instaladas pela Polícia Federal.

 

RENAN CALHEIROS

brasil-politica-senado-renan-calheiros-sessao-20160823-07

Ainda em liberdade, Renan Calheiros entrou na briga de foice ao ter uma crise de nervos com a visão do camburão estacionado na esquina depois da operação de busca e apreensão que acabou com a prisão de quatro policiais legislativos acusados de remover escutas instaladas pela PF com autorização judicial. O presidente do Senado está cada dia mais inconformado com possibilidade de perder o direito à perpétua impunidade.

 

São seis feras numa só jaula, leitores-eleitores! Não fiquem fora da única eleição que permite votar sem remorso em gente que ninguém merece! Que vença o pior!

Continua após a publicidade
Publicidade