Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Casa do Espanto

“A mediocridade nesse parlamento está tão arraigada que quando a gente se reúne para discutir política é inusitado mesmo.” Jarbas Vasconcelos, do PMDM de Pernambuco, integrante da reduzidíssima bancada dos que conseguem manter-se lúcidos e limpos na vergonhosa Casa do Espanto, fábrica de maracutaias instalada onde antigamente funcionava o Senado.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h01 - Publicado em 1 dez 2011, 14h11

“A mediocridade nesse parlamento está tão arraigada que quando a gente se reúne para discutir política é inusitado mesmo.”

Jarbas Vasconcelos, do PMDM de Pernambuco, integrante da reduzidíssima bancada dos que conseguem manter-se lúcidos e limpos na vergonhosa Casa do Espanto, fábrica de maracutaias instalada onde antigamente funcionava o Senado.

Publicidade