Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A ficha caiu (19)

“Nenhum pais será serio se um ministro da Suprema Corte, do TCU ou funcionário público tiverem de agir por conta de pressão da opinião pública”. Lula, na festa do aniversário do PT, apavorado com a descoberta de que o povo acordou e a opinião pública exige da Justiça a punição de todos os corruptos.

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h25 - Publicado em 29 fev 2016, 23h57

“Nenhum pais será serio se um ministro da Suprema Corte, do TCU ou funcionário público tiverem de agir por conta de pressão da opinião pública”.

Lula, na festa do aniversário do PT, apavorado com a descoberta de que o povo acordou e a opinião pública exige da Justiça a punição de todos os corruptos.

Publicidade